Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

CONSIDERAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO E CEGUEIRA.

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, DEFICIÊNCIA VISUAL Pôster (PO) GT 17 – Ensino e suas intersecções
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 59634
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 5329
    "inscrito_id" => 7286
    "titulo" => "CONSIDERAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO E CEGUEIRA."
    "resumo" => "A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL ENVOLVE TANTO A FAMÍLIA, QUANTO A ESCOLA E O PROFISSIONAL DA SAÚDE. COMO QUALQUER PROCESSO DE APRENDIZAGEM, A PESSOA COM DEFICIÊNCIA (PCD) PODE SER PREJUDICA CASO ESSAS INFORMAÇÕES NÃO SEJAM REPASSADAS DE FORMA ADEQUADA. NESSE SENTIDO É IMPRESCINDÍVEL UM PREPARO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA EDUCAÇÃO E DA ODONTOLOGIA DESDE A ACADEMIA, DE FORMA QUE ESTEJAM PREPARADOS PARA ORIENTAR PESSOAS COM QUALQUER DEFICIÊNCIA, POSSIBILITANDO MELHOR INCLUSÃO DESTAS NA SOCIEDADE. DE FORMA A AVALIAR A FORMAÇÃO DOS ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ, BELÉM, NO QUE DIZ RESPEITO A FORMAÇÃO RECEBIDA PARA ATENDER PACIENTES COM DEFICIÊNCIA, FOI APLICADO UM QUESTIONÁRIO COM CINCO QUESTÕES FECHADAS SOBRE O TEMA EM FOCO. AS RESPOSTAS INDICARAM UMA FALTA DE SUBSÍDIOS TEÓRICO E PRÁTICO NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE. EM SEGUNDO LUGAR, FOCO FOI DADO À EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA DEFICIENTES VISUAIS NA LITERATURA DE FORMA A AVERIGUAR A POSSIBLIDADE DO PROFESSIONAL APRENDER SOBRE O ATENDIMENTO AO PACIENTE CEGO ‘POR CONTA PRÓPRIA’, ASSIM COMO A QUANTIDADE DE PROJETOS E, POR CONSEGUINTE, DE PUBLICAÇÕES, SOBRE A SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL .A BUSCA FOI REALIZADA NAS PLATAFORMAS DE PESQUISA: “GOOGLE ACADÊMICO”, “SCIELO” E “CAPES”, PARA OS PERÍODOS DE 2005/2009, 2010/2014 E 2015/2019, NA LÍNGUA PORTUGUESA. OS RESULTADOS INDICARAM MUITO POUCOS TRABALHOS QUE ATENDEM AMBOS A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL SENDO QUE, DE MODO GERAL, POUCO SE PUBLICA SOBRE SAÚDE BUCAL, INDEPENDENTE DO PÚBLICO EM FOCO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas intersecções"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, DEFICIÊNCIA VISUAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD4_SA17_ID7286_02102019224327.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:55"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADRYANE DE PAULA BARBOSA REIS"
    "autor_nome_curto" => "ADRYANE REIS"
    "autor_email" => "dryadepaula@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 59634
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 5329
    "inscrito_id" => 7286
    "titulo" => "CONSIDERAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO E CEGUEIRA."
    "resumo" => "A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL ENVOLVE TANTO A FAMÍLIA, QUANTO A ESCOLA E O PROFISSIONAL DA SAÚDE. COMO QUALQUER PROCESSO DE APRENDIZAGEM, A PESSOA COM DEFICIÊNCIA (PCD) PODE SER PREJUDICA CASO ESSAS INFORMAÇÕES NÃO SEJAM REPASSADAS DE FORMA ADEQUADA. NESSE SENTIDO É IMPRESCINDÍVEL UM PREPARO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA EDUCAÇÃO E DA ODONTOLOGIA DESDE A ACADEMIA, DE FORMA QUE ESTEJAM PREPARADOS PARA ORIENTAR PESSOAS COM QUALQUER DEFICIÊNCIA, POSSIBILITANDO MELHOR INCLUSÃO DESTAS NA SOCIEDADE. DE FORMA A AVALIAR A FORMAÇÃO DOS ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ, BELÉM, NO QUE DIZ RESPEITO A FORMAÇÃO RECEBIDA PARA ATENDER PACIENTES COM DEFICIÊNCIA, FOI APLICADO UM QUESTIONÁRIO COM CINCO QUESTÕES FECHADAS SOBRE O TEMA EM FOCO. AS RESPOSTAS INDICARAM UMA FALTA DE SUBSÍDIOS TEÓRICO E PRÁTICO NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE. EM SEGUNDO LUGAR, FOCO FOI DADO À EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA DEFICIENTES VISUAIS NA LITERATURA DE FORMA A AVERIGUAR A POSSIBLIDADE DO PROFESSIONAL APRENDER SOBRE O ATENDIMENTO AO PACIENTE CEGO ‘POR CONTA PRÓPRIA’, ASSIM COMO A QUANTIDADE DE PROJETOS E, POR CONSEGUINTE, DE PUBLICAÇÕES, SOBRE A SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL .A BUSCA FOI REALIZADA NAS PLATAFORMAS DE PESQUISA: “GOOGLE ACADÊMICO”, “SCIELO” E “CAPES”, PARA OS PERÍODOS DE 2005/2009, 2010/2014 E 2015/2019, NA LÍNGUA PORTUGUESA. OS RESULTADOS INDICARAM MUITO POUCOS TRABALHOS QUE ATENDEM AMBOS A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL SENDO QUE, DE MODO GERAL, POUCO SE PUBLICA SOBRE SAÚDE BUCAL, INDEPENDENTE DO PÚBLICO EM FOCO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas intersecções"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, DEFICIÊNCIA VISUAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD4_SA17_ID7286_02102019224327.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:55"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADRYANE DE PAULA BARBOSA REIS"
    "autor_nome_curto" => "ADRYANE REIS"
    "autor_email" => "dryadepaula@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL ENVOLVE TANTO A FAMÍLIA, QUANTO A ESCOLA E O PROFISSIONAL DA SAÚDE. COMO QUALQUER PROCESSO DE APRENDIZAGEM, A PESSOA COM DEFICIÊNCIA (PCD) PODE SER PREJUDICA CASO ESSAS INFORMAÇÕES NÃO SEJAM REPASSADAS DE FORMA ADEQUADA. NESSE SENTIDO É IMPRESCINDÍVEL UM PREPARO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA EDUCAÇÃO E DA ODONTOLOGIA DESDE A ACADEMIA, DE FORMA QUE ESTEJAM PREPARADOS PARA ORIENTAR PESSOAS COM QUALQUER DEFICIÊNCIA, POSSIBILITANDO MELHOR INCLUSÃO DESTAS NA SOCIEDADE. DE FORMA A AVALIAR A FORMAÇÃO DOS ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ, BELÉM, NO QUE DIZ RESPEITO A FORMAÇÃO RECEBIDA PARA ATENDER PACIENTES COM DEFICIÊNCIA, FOI APLICADO UM QUESTIONÁRIO COM CINCO QUESTÕES FECHADAS SOBRE O TEMA EM FOCO. AS RESPOSTAS INDICARAM UMA FALTA DE SUBSÍDIOS TEÓRICO E PRÁTICO NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE. EM SEGUNDO LUGAR, FOCO FOI DADO À EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA DEFICIENTES VISUAIS NA LITERATURA DE FORMA A AVERIGUAR A POSSIBLIDADE DO PROFESSIONAL APRENDER SOBRE O ATENDIMENTO AO PACIENTE CEGO ‘POR CONTA PRÓPRIA’, ASSIM COMO A QUANTIDADE DE PROJETOS E, POR CONSEGUINTE, DE PUBLICAÇÕES, SOBRE A SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL .A BUSCA FOI REALIZADA NAS PLATAFORMAS DE PESQUISA: “GOOGLE ACADÊMICO”, “SCIELO” E “CAPES”, PARA OS PERÍODOS DE 2005/2009, 2010/2014 E 2015/2019, NA LÍNGUA PORTUGUESA. OS RESULTADOS INDICARAM MUITO POUCOS TRABALHOS QUE ATENDEM AMBOS A EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL E A DEFICIÊNCIA VISUAL SENDO QUE, DE MODO GERAL, POUCO SE PUBLICA SOBRE SAÚDE BUCAL, INDEPENDENTE DO PÚBLICO EM FOCO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.