Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

COMPARTILHANDO SABERES E VIVÊNCIAS NO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO/INSERÇÃO DE BEBÊS

Palavra-chaves: BEBÊS, INFÂNCIA, ADAPTAÇÃO/INSERÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 09 – Educação Infantil Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

COMPREENDENDO A ADAPTAÇÃO/INSERÇÃO COMO UM PROCESSO PRIMORDIAL A ENTRADA DA CRIANÇA A INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL, ESTE ARTIGO OBJETIVA EXPLICITAR COMO SE DÁ ESSA VIVÊNCIA, DESTACANDO SUA IMPORTÂNCIA E O PAPEL DE CADA UM DOS ENVOLVIDOS: CRIANÇA, FAMÍLIA, PROFESSOR E INSTITUIÇÃO ESCOLAR, PROCURANDO ENTENDER COMO OCORRE ESSE PROCESSO A PARTIR DA VIVÊNCIA DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA COM UMA TURMA DE BERÇÁRIO 2, QUE COMPREENDE CRIANÇAS COM FAIXA ETÁRIA DE 1 ANO E 2 ANOS DE IDADE, DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO DA INFÂNCIA – NEI-CAP/UFRN. ASSIM COMO, APRESENTA UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DE ALGUNS TEÓRICOS DO TEMA EM QUESTÃO, NO INTUITO DE ESTABELECER RELAÇÕES ENTRE ESTES E A PRÁTICA DESENVOLVIDA NO ÂMBITO EDUCACIONAL. COM O ESTUDO FOI POSSÍVEL OBSERVAR A IMPORTÂNCIA DE SE TER UM PROCESSO DE ADAPTAÇÃO/INSERÇÃO EM UM AMBIENTE RICO EM ESTÍMULOS E PRAZEROSO EM QUE O PROFESSOR VISE O PLENO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA PARA QUE ESTA EXPERIMENTE ESSE MOMENTO SEM MUITOS CONFLITOS. DESSA FORMA, A ADAPTAÇÃO/INSERÇÃO TORNA-SE UM PROCESSO SIGNIFICATIVO QUANDO A PARCERIA ENTRE ESCOLA E FAMÍLIA É PERMEADA POR CONFIANÇA E AFETIVIDADE TENDO EM VISTA QUE, ASSIM, A CRIANÇA SE SENTIRÁ SEGURA E ACOLHIDA NO ESPAÇO ESCOLAR.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.