Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 270
AS PESQUISAS COMO INSTRUMENTO DE POLÍTICA LINGUÍSTICA: UMA INVESTIGAÇÃO DO BANCO DE TESES E DISSERTAÇÕES DA CAPES

Palavra-chaves: POLÍTICA LINGUÍSTICA, EDUCAÇÃO DE SURDOS, LINGUA DE SINAIS Comunicação Oral (CO) GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O TRABALHO ORA APRESENTADO SE CONSTITUI EM UM RECORTE DA PESQUISA DE DOUTORAMENTO DESENVOLVIDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS DE LINGUAGEM NA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. APRESENTAMOS AQUI A ANÁLISE DO BANCO DE TESES DA CAPES A FIM DE OBSERVAR DE QUE MODO OS ESTUDOS SOBRE A TEMÁTICA EM TORNO DOS SUJEITOS SURDOS E DA LÍNGUA DE SINAIS TEM EVOLUÍDO AO LONGO DOS ÚLTIMOS ANOS TORNANDO-SE OBJETO DE PESQUISAS EM DIFERENTES CAMPOS DO CONHECIMENTO. PROMOVEMOS A INVESTIGAÇÃO DO CENÁRIO DE PRODUÇÃO DE PESQUISAS SOBRE A EDUCAÇÃO DE SURDOS E A LS NO BRASIL COM O OBJETIVO DE COMPREENDER COMO TEM SE CONSTITUÍDO OS CONTORNOS DESSE CAMPO DE ESTUDO, TENDO EM VISTA O CRESCENTE AUMENTO DE PESQUISAS SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MINORIAS E DIVERSIDADE, EM PARTICULAR AS QUE PROPÕE RESGATAR E GARANTIR DIREITOS À POPULAÇÃO HISTORICAMENTE EXCLUÍDA. ANALISAMOS A TRAJETÓRIA DAS PESQUISAS DESENVOLVIDAS SOBRE A TEMÁTICA NAS DIFERENTES ÁREAS DO CONHECIMENTO, MAPEANDO A PRODUÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DESDE AS PRIMEIRAS PESQUISAS SOBRE A QUESTÃO A PARTIR DE 1994. OPTAMOS POR UMA ANÁLISE QUANTITATIVA-DESCRITIVA DAS PESQUISAS VINCULADAS AO BANCO DE DADOS DA CAPES E PUDEMOS OBSERVAR QUE OS TRABALHOS SOBRE A TEMÁTICA SE VINCULAM ÀS DIFERENTES ÁREAS DO CONHECIMENTO. ACREDITAMOS QUE ESSAS PESQUISAS CONTRIBUEM PARA A CONSTRUÇÃO DE NOVAS REPRESENTAÇÕES SOBRE OS SUJEITOS SURDOS E A LS, ALÉM DE AUXILIAR NA PRODUÇÃO DE NOVOS SUJEITOS CONSIDERADOS AUTORIZADOS SOBRE A TEMÁTICA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.