Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA DE LIBRAS NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Palavra-chaves: JOGOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS, LIBRAS., AVALIAÇÃO., FORMAÇÃO DE PROFESSORES Comunicação Oral (CO) GT 01 - Formação de Professores Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

POR LONGOS ANOS, OS SURDOS FORAM VÍTIMAS DO OUVINTISMO E, POR CONSEGUINTE, CONSIDERADOS COMO PESSOAS OUVINTES, SEM DISTINÇÕES. EQUÍVOCO QUE LHES CAUSOU GRANDES PREJUÍZOS SOCIAIS, EDUCACIONAIS E COGNITIVOS. DURANTE ESSE PERÍODO FORA NEGADA UMA EDUCAÇÃO QUE CONSIDERASSE SUA PRIMEIRA LÍNGUA, A LIBRAS. NESSA PERSPECTIVA DISCUTIREMOS ACERCA DOS ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS PARA ADAPTAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS, COM ÊNFASE NA EDUCAÇÃO DE ESTUDANTES SURDOS, SEJA EM ÂMBITO INCLUSIVO OU BILÍNGUE. A MOTIVAÇÃO OCORREU DURANTE NOSSAS VIVÊNCIAS, ENQUANTO MONITORES, TRADUTORES/INTÉRPRETES E PROFESSORES DE LIBRAS DA DISCIPLINA DE FUNDAMENTOS DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS (LIBRAS), OFERTADA NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE. A PESQUISA FOI DESENVOLVIDA A PARTIR DE NOSSAS OBSERVAÇÕES, DURANTE DOIS SEMESTRES, 2018.2 E 2019.1, NAS AULAS DE UM PROFESSOR SURDO, RESPONSÁVEL PELA REFERIDA DISCIPLINA. EM TODO SEMESTRE PUDEMOS COMPREENDER COMO FOI DESENVOLVIDA A METODOLOGIA DE FORMA A CONTEMPLAR UMA ABORDAGEM DIALÓGICA, PROPICIANDO UMA POSTURA CRÍTICA AOS DISCENTES DE PEDAGOGIA OU QUALQUER LICENCIATURA, FACE ÀS VÁRIAS PROPOSTAS TEÓRICO-PRÁTICAS PARA EDUCAÇÃO DE SURDOS, EM LÍNGUA DE SINAIS. PERCEBEMOS NESSA PROPOSTA UMA INCLUSÃO INVERTIDA, OU SEJA, O JOGO PEDAGÓGICO ERA PENSADO PARA O PÚBLICO SURDO E TORNA-SE-IA INCLUSIVO PARA ESTUDANTES OUVINTES.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.