Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A SINESTESIA DOS SONS E A INDISCIPLINA INVOLUNTÁRIA: ACORDES E ACORDOS NA SALA DE AULA.

Palavra-chaves: MÚSICA CLÁSSICA, RELAXAMENTO, COMPORTAMENTO, INDISCIPLINA INVOLUNTÁRIA, INDISCIPLINA INVOLUNTÁRIA Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas intersecções Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE ARTIGO TRATA DE UM SEGUNDO RELATO DE EXPERIÊNCIA COM MÚSICA EM SALA DE AULA, COMO AÇÃO PEDAGÓGICA DA DOCÊNCIA A PARTIR DE UMA AÇÃO EMERGENCIAL QUE AJUDASSE OS ALUNOS E O PROFESSOR NA EQUALIZAÇÃO DOS ALTOS NÍVEIS DE DESATENÇÃO OBSERVADOS EM SALA DE AULA. NOSSO OBJETIVO PRINCIPAL É RELATAR AS FLEXÕES DE COMPORTAMENTO E DE ASSIMILAÇÃO DE CONTEÚDOS INTERDISCIPLINARES A PARTIR DE UMA APLICAÇÃO EMPÍRICA E DIDÁTICA DA MÚSICA CLÁSSICA COMO OBJETO DE INTERVENÇÃO NESSES PROCESSOS. O PROBLEMA QUE OBSERVAMOS NA TURMA DE 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA, COM 32 ALUNOS FREQUENTES, ERA QUE OS ALUNOS AO RETORNAREM DA AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA OU DO HORÁRIO DE RECREIO REGRESSAVAM SEMPRE MUITO AGITADOS, NERVOSOS E BARULHENTOS, FATO ESSE QUE ATRAPALHAVA A ROTINA DE SALA NO QUE DIZ RESPEITO AOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM. A METODOLOGIA APLICADA FOI SE ADEQUANDO AO OBJETO QUE SE QUERIA ENFRENTAR, NESTE CASO, A AGITAÇÃO E A INDISCIPLINA DELA RESULTANTE. FOI O NOSSO OBJETO DE INTERVENÇÃO QUE FOI DITANDO AS NECESSIDADES DE AÇÕES METODOLÓGICAS DENTRO DO PLANO GERAL. DEPOIS DE 6 (SEIS) MESES DE INTERVENÇÃO OBSERVAMOS DETERMINADAS MUDANÇAS NOS PADRÕES COMPORTAMENTAIS NOS ALUNOS, NOS NÍVEIS DE ATENÇÃO, NA PARTICIPAÇÃO ATIVA DOS ALUNOS E NOS NÍVEIS DE APRENDIZAGEM.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.