Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

FLUXO POLÍNICO ENTRE ESPÉCIES SINCRONOPÁTRICAS EM UMA ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNIA (APA JENIPABU, RN)

Palavra-chaves: FLORAÇÃO, POLINIZADORES, DEPOSIÇÃO POLÍNICA Pôster (PO) AT 07: Ciências da Natureza e suas abordagens
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56872
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 520
    "inscrito_id" => 1973
    "titulo" => "FLUXO POLÍNICO ENTRE ESPÉCIES SINCRONOPÁTRICAS EM UMA ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNIA (APA JENIPABU, RN)"
    "resumo" => "A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE ESPÉCIES COM ATRIBUTOS FLORAIS SEMELHANTES PODE RESULTAR EM PARTILHA DE POLINIZADORES E FLUXO DE PÓLEN INTERESPECÍFICO. AVALIOU-SE: SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A SIMILARIDADE DE CARACTERES FLORAIS E O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE DAUSTINIA MONTANA (MORIC.) BURIL & A. R. SIMÕES, EVOLVULUS FRANKENIOIDES MORIC. E IPOMOEA ASARIFOLIA (DESR.) ROEM. & SCHULT. (CONVOLVULACEAE), EM ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNEA, RN. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO FOI DETERMINADA ATRAVÉS DO ÍNDICE DE ATIVIDADE DE FLORAÇÃO (SET-2018/ FEV-2019). PARA SEMELHANÇA DE CARACTERES FLORAIS, CONSIDERAMOS COR, FORMA, MORFOMETRIA E RECURSO FLORAL. O FLUXO DE PÓLEN COESPECÍFICO E INTERESPECÍFICOS FORAM ANALISADOS A PARTIR DE PISTILOS COLETADOS APÓS ANTESE FLORAL. HOUVE SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE AS ESPÉCIES. ENTRETANTO, CONCENTRARAM-SE EM MESES DISTINTOS. DAUSTINIA MONTANA POSSUI FLORES AMARELAS E E. FRANKENIOIDES LILASES, AMBAS DO TIPO TAÇA E MÉDIAS. IPOMOEA ASARIFOLIA, FLORES RÓSEAS, TUBULARES E GRANDES. DAUSTINIA MONTANA E I. ASARIFOLIA POSSUEM NECTÁRIO, OFERTANDO NÉCTAR E PÓLEN, ENQUANTO E. FRANKENIOIDES APENAS PÓLEN. HOUVE FLUXO POLÍNICO ENTRE AS ESPÉCIES, SOBRETUDO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA, QUE OFERECEM NÉCTAR E POSSIVELMENTE PARTILHAM POLINIZADORES. PORÉM, A DEPOSIÇÃO POLÍNICA FOI SIGNIFICATIVA PARA TODAS AS ESPÉCIES (P<0, 001), APONTANDO MAIOR FREQUÊNCIA DE PÓLEN COESPECÍFICO. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A MORFOLOGIA GENERALISTA E A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS CONTRIBUÍRAM COM O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA. CONTUDO, DIFERENÇAS NA DISPONIBILIDADE DE RECURSO ENTRE AS DEMAIS ESPÉCIES, DE INTENSIDADE DE FLORAÇÃO E O ELEVADO FLUXO POLÍNICO COESPECÍFICO EM TODAS, INFERE QUE ELAS TENDEM A INVESTIR EM FLUXO POLÍNICO INTRAESPECÍFICO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Ciências da Natureza  e suas abordagens"
    "palavra_chave" => "FLORAÇÃO, POLINIZADORES, DEPOSIÇÃO POLÍNICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA7_ID1973_01072019204535.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNA YVILA MELO SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "BRUNA YVILA"
    "autor_email" => "ybsantos@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56872
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 520
    "inscrito_id" => 1973
    "titulo" => "FLUXO POLÍNICO ENTRE ESPÉCIES SINCRONOPÁTRICAS EM UMA ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNIA (APA JENIPABU, RN)"
    "resumo" => "A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE ESPÉCIES COM ATRIBUTOS FLORAIS SEMELHANTES PODE RESULTAR EM PARTILHA DE POLINIZADORES E FLUXO DE PÓLEN INTERESPECÍFICO. AVALIOU-SE: SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A SIMILARIDADE DE CARACTERES FLORAIS E O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE DAUSTINIA MONTANA (MORIC.) BURIL & A. R. SIMÕES, EVOLVULUS FRANKENIOIDES MORIC. E IPOMOEA ASARIFOLIA (DESR.) ROEM. & SCHULT. (CONVOLVULACEAE), EM ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNEA, RN. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO FOI DETERMINADA ATRAVÉS DO ÍNDICE DE ATIVIDADE DE FLORAÇÃO (SET-2018/ FEV-2019). PARA SEMELHANÇA DE CARACTERES FLORAIS, CONSIDERAMOS COR, FORMA, MORFOMETRIA E RECURSO FLORAL. O FLUXO DE PÓLEN COESPECÍFICO E INTERESPECÍFICOS FORAM ANALISADOS A PARTIR DE PISTILOS COLETADOS APÓS ANTESE FLORAL. HOUVE SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE AS ESPÉCIES. ENTRETANTO, CONCENTRARAM-SE EM MESES DISTINTOS. DAUSTINIA MONTANA POSSUI FLORES AMARELAS E E. FRANKENIOIDES LILASES, AMBAS DO TIPO TAÇA E MÉDIAS. IPOMOEA ASARIFOLIA, FLORES RÓSEAS, TUBULARES E GRANDES. DAUSTINIA MONTANA E I. ASARIFOLIA POSSUEM NECTÁRIO, OFERTANDO NÉCTAR E PÓLEN, ENQUANTO E. FRANKENIOIDES APENAS PÓLEN. HOUVE FLUXO POLÍNICO ENTRE AS ESPÉCIES, SOBRETUDO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA, QUE OFERECEM NÉCTAR E POSSIVELMENTE PARTILHAM POLINIZADORES. PORÉM, A DEPOSIÇÃO POLÍNICA FOI SIGNIFICATIVA PARA TODAS AS ESPÉCIES (P<0, 001), APONTANDO MAIOR FREQUÊNCIA DE PÓLEN COESPECÍFICO. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A MORFOLOGIA GENERALISTA E A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS CONTRIBUÍRAM COM O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA. CONTUDO, DIFERENÇAS NA DISPONIBILIDADE DE RECURSO ENTRE AS DEMAIS ESPÉCIES, DE INTENSIDADE DE FLORAÇÃO E O ELEVADO FLUXO POLÍNICO COESPECÍFICO EM TODAS, INFERE QUE ELAS TENDEM A INVESTIR EM FLUXO POLÍNICO INTRAESPECÍFICO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Ciências da Natureza  e suas abordagens"
    "palavra_chave" => "FLORAÇÃO, POLINIZADORES, DEPOSIÇÃO POLÍNICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA7_ID1973_01072019204535.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNA YVILA MELO SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "BRUNA YVILA"
    "autor_email" => "ybsantos@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE ESPÉCIES COM ATRIBUTOS FLORAIS SEMELHANTES PODE RESULTAR EM PARTILHA DE POLINIZADORES E FLUXO DE PÓLEN INTERESPECÍFICO. AVALIOU-SE: SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A SIMILARIDADE DE CARACTERES FLORAIS E O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE DAUSTINIA MONTANA (MORIC.) BURIL & A. R. SIMÕES, EVOLVULUS FRANKENIOIDES MORIC. E IPOMOEA ASARIFOLIA (DESR.) ROEM. & SCHULT. (CONVOLVULACEAE), EM ÁREA DE VEGETAÇÃO LITORÂNEA, RN. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO FOI DETERMINADA ATRAVÉS DO ÍNDICE DE ATIVIDADE DE FLORAÇÃO (SET-2018/ FEV-2019). PARA SEMELHANÇA DE CARACTERES FLORAIS, CONSIDERAMOS COR, FORMA, MORFOMETRIA E RECURSO FLORAL. O FLUXO DE PÓLEN COESPECÍFICO E INTERESPECÍFICOS FORAM ANALISADOS A PARTIR DE PISTILOS COLETADOS APÓS ANTESE FLORAL. HOUVE SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÕES ENTRE AS ESPÉCIES. ENTRETANTO, CONCENTRARAM-SE EM MESES DISTINTOS. DAUSTINIA MONTANA POSSUI FLORES AMARELAS E E. FRANKENIOIDES LILASES, AMBAS DO TIPO TAÇA E MÉDIAS. IPOMOEA ASARIFOLIA, FLORES RÓSEAS, TUBULARES E GRANDES. DAUSTINIA MONTANA E I. ASARIFOLIA POSSUEM NECTÁRIO, OFERTANDO NÉCTAR E PÓLEN, ENQUANTO E. FRANKENIOIDES APENAS PÓLEN. HOUVE FLUXO POLÍNICO ENTRE AS ESPÉCIES, SOBRETUDO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA, QUE OFERECEM NÉCTAR E POSSIVELMENTE PARTILHAM POLINIZADORES. PORÉM, A DEPOSIÇÃO POLÍNICA FOI SIGNIFICATIVA PARA TODAS AS ESPÉCIES (P<0, 001), APONTANDO MAIOR FREQUÊNCIA DE PÓLEN COESPECÍFICO. A SOBREPOSIÇÃO DE FLORAÇÃO, A MORFOLOGIA GENERALISTA E A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS CONTRIBUÍRAM COM O FLUXO INTERESPECÍFICO ENTRE D. MONTANA E I. ASARIFOLIA. CONTUDO, DIFERENÇAS NA DISPONIBILIDADE DE RECURSO ENTRE AS DEMAIS ESPÉCIES, DE INTENSIDADE DE FLORAÇÃO E O ELEVADO FLUXO POLÍNICO COESPECÍFICO EM TODAS, INFERE QUE ELAS TENDEM A INVESTIR EM FLUXO POLÍNICO INTRAESPECÍFICO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.