Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

BIOFERTILIZAÇÃO E ÁGUAS SALINAS NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO AMARELO

Palavra-chaves: PASSIFLORA EDULIS F. FLAVICARPA DEG., INOCULANTE MICROBIANO., SALINIZAÇÃO., SODICIDADE. Pôster (PO) AT 08: Ciências Agrárias: o ver, o fazer, o ensinar
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56616
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 550
    "inscrito_id" => 793
    "titulo" => "BIOFERTILIZAÇÃO E ÁGUAS SALINAS NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO AMARELO"
    "resumo" => "UM DOS PRINCIPAIS ENTRAVES NA AGRICULTURA NO MUNDO, SERIA A SALINIDADE E SODICIDADE, CONSTITUINDO-SE NUM DOS FATORES LIMITANTES AO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS PLANTAS. PORÉM, O USO DE INSUMOS ORGÂNICOS PODE SER UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA DIMINUIR A AGRESSIVIDADE DOS SAIS SOBRE AS PLANTAS ATRAVÉS DE SUBSTANCIAS HÚMICAS PRESENTE NA COMPOSIÇÃO DESSE COMPOSTO ORGÂNICO. DESTE MODO, OBJETIVOU-SE AVALIAR OS EFEITOS DA SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA FORMAÇÃO DE MUDAS MARACUJAZEIRO AMARELO COM A UTILIZAÇÃO DE BIOFERTILIZANTES BOVINOS COMUM E ENRIQUECIDO, RESPECTIVAMENTE. NESSE SENTIDO, UM EXPERIMENTO FOI DESENVOLVIDO EM CASA DE VEGETAÇÃO, NA LOCALIDADE DO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA BIODIVERSIDADE CCAB/UFCA, MUNICÍPIO DO CRATO-CE, NO PERÍODO DE OUTUBRO DE 2017 A MARÇO DE 2018. O SUBSTRATO FOI MATERIAL DOS PRIMEIROS 20 CM DE UM LATOSSOLO VERMELHO AMARELO. O DELINEAMENTO EXPERIMENTAL FOI INTEIRAMENTE CASUALIZADO EM ESQUEMA FATORIAL 5 X 3, COM TRÊS REPETIÇÕES, REFERENTES AOS VALORES DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO: 0,5; 1,0; 2,0; 3,0 E 4,0 DS M-1, NO SOLO SEM E COM BIOFERTILIZANTE COMUM, SEM E COM BIOFERTILIZANTE RICO, ACONDICIONADOS EM SACOS DE POLIETILENO PRETO COM CAPACIDADE MÁXIMA DE 5,0 KG, TOTALIZANDO 60 TRATAMENTOS. AS VARIÁVEIS ESTUDADAS FORAM: CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO SOLO, ALTURA DE PLANTAS, NÚMERO E ÁREA FOLIAR, DIÂMETRO DO CAULE E RADICULAR. O BIOFERTILIZANTE FOI DILUÍDO EM ÁGUA NÃO-SALINA NA RAZÃO DE 1:3, FOI APLICADO UMA ÚNICA VEZ A 10% DO VOLUME DO SUBSTRATO, DOIS DIAS ANTES DA SEMEADURA. O USO DE BIOFERTILIZANTE BOVINO FERMENTADO COMO CONDICIONAR DO SOLO, MELHOROU SIGNIFICATIVAMENTE O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS MUDAS, PRINCIPALMENTE NOS TRATAMENTOS COM INSUMO ORGÂNICO RICO E COMUM, RESPECTIVAMENTE."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 08: Ciências Agrárias: o ver, o fazer, o ensinar"
    "palavra_chave" => "PASSIFLORA EDULIS F. FLAVICARPA DEG., INOCULANTE MICROBIANO., SALINIZAÇÃO., SODICIDADE."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA8_ID793_01072019215906.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCISCO DE OLIVEIRA MESQUITA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCISCO MESQUITA"
    "autor_email" => "mesquitaagro@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UFCA - UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI."
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56616
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 550
    "inscrito_id" => 793
    "titulo" => "BIOFERTILIZAÇÃO E ÁGUAS SALINAS NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO AMARELO"
    "resumo" => "UM DOS PRINCIPAIS ENTRAVES NA AGRICULTURA NO MUNDO, SERIA A SALINIDADE E SODICIDADE, CONSTITUINDO-SE NUM DOS FATORES LIMITANTES AO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS PLANTAS. PORÉM, O USO DE INSUMOS ORGÂNICOS PODE SER UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA DIMINUIR A AGRESSIVIDADE DOS SAIS SOBRE AS PLANTAS ATRAVÉS DE SUBSTANCIAS HÚMICAS PRESENTE NA COMPOSIÇÃO DESSE COMPOSTO ORGÂNICO. DESTE MODO, OBJETIVOU-SE AVALIAR OS EFEITOS DA SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA FORMAÇÃO DE MUDAS MARACUJAZEIRO AMARELO COM A UTILIZAÇÃO DE BIOFERTILIZANTES BOVINOS COMUM E ENRIQUECIDO, RESPECTIVAMENTE. NESSE SENTIDO, UM EXPERIMENTO FOI DESENVOLVIDO EM CASA DE VEGETAÇÃO, NA LOCALIDADE DO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA BIODIVERSIDADE CCAB/UFCA, MUNICÍPIO DO CRATO-CE, NO PERÍODO DE OUTUBRO DE 2017 A MARÇO DE 2018. O SUBSTRATO FOI MATERIAL DOS PRIMEIROS 20 CM DE UM LATOSSOLO VERMELHO AMARELO. O DELINEAMENTO EXPERIMENTAL FOI INTEIRAMENTE CASUALIZADO EM ESQUEMA FATORIAL 5 X 3, COM TRÊS REPETIÇÕES, REFERENTES AOS VALORES DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO: 0,5; 1,0; 2,0; 3,0 E 4,0 DS M-1, NO SOLO SEM E COM BIOFERTILIZANTE COMUM, SEM E COM BIOFERTILIZANTE RICO, ACONDICIONADOS EM SACOS DE POLIETILENO PRETO COM CAPACIDADE MÁXIMA DE 5,0 KG, TOTALIZANDO 60 TRATAMENTOS. AS VARIÁVEIS ESTUDADAS FORAM: CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO SOLO, ALTURA DE PLANTAS, NÚMERO E ÁREA FOLIAR, DIÂMETRO DO CAULE E RADICULAR. O BIOFERTILIZANTE FOI DILUÍDO EM ÁGUA NÃO-SALINA NA RAZÃO DE 1:3, FOI APLICADO UMA ÚNICA VEZ A 10% DO VOLUME DO SUBSTRATO, DOIS DIAS ANTES DA SEMEADURA. O USO DE BIOFERTILIZANTE BOVINO FERMENTADO COMO CONDICIONAR DO SOLO, MELHOROU SIGNIFICATIVAMENTE O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS MUDAS, PRINCIPALMENTE NOS TRATAMENTOS COM INSUMO ORGÂNICO RICO E COMUM, RESPECTIVAMENTE."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 08: Ciências Agrárias: o ver, o fazer, o ensinar"
    "palavra_chave" => "PASSIFLORA EDULIS F. FLAVICARPA DEG., INOCULANTE MICROBIANO., SALINIZAÇÃO., SODICIDADE."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA8_ID793_01072019215906.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCISCO DE OLIVEIRA MESQUITA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCISCO MESQUITA"
    "autor_email" => "mesquitaagro@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UFCA - UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI."
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

UM DOS PRINCIPAIS ENTRAVES NA AGRICULTURA NO MUNDO, SERIA A SALINIDADE E SODICIDADE, CONSTITUINDO-SE NUM DOS FATORES LIMITANTES AO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS PLANTAS. PORÉM, O USO DE INSUMOS ORGÂNICOS PODE SER UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA DIMINUIR A AGRESSIVIDADE DOS SAIS SOBRE AS PLANTAS ATRAVÉS DE SUBSTANCIAS HÚMICAS PRESENTE NA COMPOSIÇÃO DESSE COMPOSTO ORGÂNICO. DESTE MODO, OBJETIVOU-SE AVALIAR OS EFEITOS DA SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA FORMAÇÃO DE MUDAS MARACUJAZEIRO AMARELO COM A UTILIZAÇÃO DE BIOFERTILIZANTES BOVINOS COMUM E ENRIQUECIDO, RESPECTIVAMENTE. NESSE SENTIDO, UM EXPERIMENTO FOI DESENVOLVIDO EM CASA DE VEGETAÇÃO, NA LOCALIDADE DO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA BIODIVERSIDADE CCAB/UFCA, MUNICÍPIO DO CRATO-CE, NO PERÍODO DE OUTUBRO DE 2017 A MARÇO DE 2018. O SUBSTRATO FOI MATERIAL DOS PRIMEIROS 20 CM DE UM LATOSSOLO VERMELHO AMARELO. O DELINEAMENTO EXPERIMENTAL FOI INTEIRAMENTE CASUALIZADO EM ESQUEMA FATORIAL 5 X 3, COM TRÊS REPETIÇÕES, REFERENTES AOS VALORES DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO: 0,5; 1,0; 2,0; 3,0 E 4,0 DS M-1, NO SOLO SEM E COM BIOFERTILIZANTE COMUM, SEM E COM BIOFERTILIZANTE RICO, ACONDICIONADOS EM SACOS DE POLIETILENO PRETO COM CAPACIDADE MÁXIMA DE 5,0 KG, TOTALIZANDO 60 TRATAMENTOS. AS VARIÁVEIS ESTUDADAS FORAM: CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO SOLO, ALTURA DE PLANTAS, NÚMERO E ÁREA FOLIAR, DIÂMETRO DO CAULE E RADICULAR. O BIOFERTILIZANTE FOI DILUÍDO EM ÁGUA NÃO-SALINA NA RAZÃO DE 1:3, FOI APLICADO UMA ÚNICA VEZ A 10% DO VOLUME DO SUBSTRATO, DOIS DIAS ANTES DA SEMEADURA. O USO DE BIOFERTILIZANTE BOVINO FERMENTADO COMO CONDICIONAR DO SOLO, MELHOROU SIGNIFICATIVAMENTE O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS MUDAS, PRINCIPALMENTE NOS TRATAMENTOS COM INSUMO ORGÂNICO RICO E COMUM, RESPECTIVAMENTE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.