Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

COMPLICAÇÕES DO TABAGISMO NA GRAVIDEZ

Palavra-chaves: GRAVIDEZ, TABAGISMO, COMPLICAÇÕES Pôster (PO) Saúde Pública Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: O tabaco provoca prejuízos a saúde no ser humano em geral, e em especial nos agentes materno-fetais, por isso é importante conhecer os efeitos deletérios do fumo no período gestacional para promover o desuso do tabagismo, em que a preservação da saúde do concepto gera uma motivação especial da gestante em parar de fumar. Objetivo: avaliar o conhecimento de gestantes sobre as complicações do tabagismo durante o período gestacional. Método: pesquisa quantitativa, do tipo exploratório descritiva, Em que a amostra foi constituída por 17 gestantes que realizaram pelo menos uma consulta pré-natal no período da coleta de dados. Resultados: 88,2% pertenciam a faixa etária entre 21 e 30 anos, 67% não concluiu o 1º grau, declaram união consensual, com renda familiar por volta de um salário mínimo ou menos, são secundigestas, encontravam-se no segundo trimestre da gestação, e declararam fazer uso do tabaco há mais de seis meses, sendo tempo considerável para a complicação da saúde do feto. Em relação ao conhecimento sobre as implicações do fumo para a saúde materno-fetal 78% das entrevistadas não apresentavam nenhum conhecimento, mesmo referindo a existência de orientações da equipe de saúde durantes as consultas. Conclusão: Diante do exposto, constatamos uma ampla deficiência do conhecimento das gestantes sobre as complicações do uso de tabaco durante o período gestacional, essa falta de conhecimento pode impedir o desenvolvimento de uma gestação saudável. É de fundamental importância capacitar profissionais de saúde em todos os níveis de atenção para o controle a retirada do fumo durante o pré-natal e todo ciclo gravídico, evitando as consequências do tabagismo no feto.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.