Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 221
O ENVELHECIMENTO EM TEMPOS DE DESMONTE DAS POLÍTICAS SOCIAIS

Palavra-chaves: NEOLIBERALISMO, POLÍTICAS SOCIAIS, ENVELHECIMENTO, IDOSOS Comunicação Oral (CO) AT 06: Políticas Sociais e Direitos da Pessoa Idosa Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

O AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA NO BRASIL, COLOCA PARA A SOCIEDADE NOVAS NECESSIDADES E MUDA AS RELAÇÕES SOCIAIS, DEMANDANDO NÃO APENAS PROTEÇÃO SOCIAL AOS IDOSOS PRESCRITA EM LEIS, MAS A MATERIALIZAÇÃO DAS MESMAS, TENDO PARA ISSO QUE ULTRAPASSAR AS BARREIRAS POSTAS COM A REFORMA DO ESTADO E A CONSEQUENTE DETERIORAÇÃO DAS POLÍTICAS SOCIAIS. NESSE SENTIDO, O PRESENTE ARTIGO TRAZ UMA REFLEXÃO ACERCA DOS ASPECTOS GERAIS DO ENVELHECIMENTO DIANTE DAS CONSEQUÊNCIAS DO NEOLIBERALISMO, QUE REGE A PRODUÇÃO E REPRODUÇÃO DO CAPITALISMO NA CONTEMPORANEIDADE. O ESTUDO SE DESENVOLVEU MEDIANTE PESQUISA BIBLIOGRÁFICA E ABORDAGEM QUALITATIVA DOS DADOS, SEGUINDO O MATERIALISMO DIALÉTICO COMO MÉTODO DE ANÁLISE DA REALIDADE. COMO RESULTADOS A PESQUISA REVELOU QUE O ENVELHECIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL CRESCE EM SENTIDO INVERSAMENTE PROPORCIONAL A MATERIALIZAÇÃO DA PROTEÇÃO SOCIAL AO IDOSO, TENDO COMO CAUSA PRINCIPAL A REDUÇÃO DO ESTADO PARA O SOCIAL.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.