Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

INDICADORES DE MASSA MUSCULAR E TEMPO DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR EM IDOSOS

Palavra-chaves: AVALIAÇÃO NUTRICIONAL, ENVELHECIMENTO, HOSPITALIZAÇÃO, ESTADO NUTRICIONAL, ESTADO NUTRICIONAL Comunicação Oral (CO) AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO OCORREM ALTERAÇÕES QUE PODEM REPERCUTIR NO ESTADO NUTRICIONAL COMO A PERDA DE MASSA MUSCULAR. CONDIÇÕES CRÔNICAS NOS IDOSOS PODEM AUMENTAR A NECESSIDADE E O TEMPO DE HOSPITALIZAÇÃO. O OBJETIVO DESTE TRABALHO FOI AVALIAR OS INDICADORES DE RESERVA MUSCULAR NA ADMISSÃO E ASSOCIAR AO TEMPO DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR (TIH) EM IDOSOS. FORAM AVALIADOS: ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC), ÁREA MUSCULAR DO BRAÇO CORRIGIDA (AMBC), ESPESSURA DO MÚSCULO ADUTOR DO POLEGAR (EMAP) E CIRCUNFERÊNCIA DA PANTURRILHA (CP). O TIH FOI CATEGORIZADO EM ≤ A 10 DIAS E > QUE 10 DIAS. A ANÁLISE ESTATÍSTICA FOI REALIZADA NO PROGRAMA SPSS VERSÃO 13.0, UTILIZANDO TESTE DE QUI-QUADRADO E TESTE T PARA AMOSTRAS INDEPENDENTES COM 95% DE INTERVALO DE CONFIANÇA. PARTICIPARAM 73 IDOSOS, COM IDADE MEDIA DE 76,32±8,47 ANOS, DOS QUAIS 65,8% (N= 48) ERAM MULHERES E 67,1% (N=49) CLASSIFICARAM-SE NO TIH ≤ A 10 DIAS, COM MEDIANA DE 10,36 [1-55] DIAS. NÃO HOUVE ASSOCIAÇÃO ENTRE OS INDICADORES DE RESERVA MUSCULAR E O TIH (P>0.05). A PREVALÊNCIA DE DESNUTRIÇÃO FOI DE: 42,5% (N=31) PELO IMC, CUJA MEDIA ENCONTRADA NA AMOSTRA FOI 22,94±4,59 KG/M2; DE 41,3% (N=19) PELA AMBC NOS INDIVÍDUOS QUE TINHAM ESTA AVALIAÇÃO; DE 88,6% (N=39) NAQUELES COM AVALIAÇÃO DA EMAP E DE 50,7% (N=34) PELA CP NOS PACIENTES AVALIADOS. A PREVALÊNCIA DE DESNUTRIÇÃO FOI ELEVADA NA AMOSTRA, PORÉM NÃO SE OBSERVOU ASSOCIAÇÃO COM O TIH.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.