Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PESSOA IDOSA ACOMETIDA COM DEPRESSÃO: REVISÃO INTEGRATIVA.

Palavra-chaves: IDOSO, DEPRESSÃO, ENFERMAGEM Pôster (PO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 53187
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 893
    "inscrito_id" => 234
    "titulo" => "ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PESSOA IDOSA ACOMETIDA COM DEPRESSÃO: REVISÃO INTEGRATIVA."
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: AS MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA, DIMINUIÇÃO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS INFLUENCIAM NO ENVELHECIMENTO, RESULTANDO ASSIM EM UM AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA. DE ACORDO COM A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE, PODE CONCEITUAR-SE O ENVELHECIMENTO COMO UM CONJUNTO DE VÁRIOS DANOS NAS CÉLULAS EM NÍVEL BIOLÓGICO, QUE COM O PASSAR DO TEMPO IMPLICAM NA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE IMUNOLÓGICA E DE ÓRGÃOS, COMO TAMBÉM NA MOBILIDADE E CAPACIDADE COGNITIVA. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA ENTENDIDA COMO UMA INVESTIGAÇÃO SISTEMÁTICA DE UM TEMA ESPECÍFICO COM ANÁLISE DESCRITIVA. A BUSCA NA LITERATURA FOI REALIZADA APÓS ESTABELECIMENTO DE CRITÉRIOS DE INCLUSÃO. RESULTADOS/DISCURSÃO: OS ARTIGOS RELATAM A INFLUÊNCIA DA PERIODICIDADE, DA PREVALÊNCIA E DO AGRAVAMENTO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS COMO DOENÇAS CARDIOVASCULARES E METABÓLICAS DEVIDAS O QUADRO DE DEPRESSÃO. OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE TAMBÉM SE DESTACAM COMO PREDISPONENTES A SENTIMENTOS DEPRESSIVOS, ALÉM DE APRESENTAR SUDORESE, IRRITABILIDADE, AGRESSIVIDADE, PENSAMENTO DE PREOCUPAÇÃO, INSÔNIA, MEDO E TRISTEZA. ALÉM DISTO, MUITO IDOSOS FAZEM O USO DE MEDICAMENTOS COMO OS BENZODIAZEPÍNICOS, SENDO O BROMAZEPAM O MAIS PRESCRITO NO BRASIL LIDERANDO COM 56,1%, EM CONTRADIÇÃO APESAR DE ESTES AJUDAREM NOS SINTOMAS DEPRESSIVOS, EM USO PROLONGADO CONSTITUEM FATORES DE RISCO PARA PROBLEMAS NEUROCOGNITIVOS COMO A DEMÊNCIA CONCLUSÃO: PORTANTO, POR MEIO DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS, CONSTATOU A IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DE MAIS ESTUDOS, DE MODO QUE POSSAM SER UTILIZADOS PARA QUALIFICAR E INOVAR AS PRÁTICAS DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, FAMILIARES E CUIDADORES DURANTE O PROCESSO DE CUIDAR IDOSO COM DEPRESSÃO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, DEPRESSÃO, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD4_SA2_ID234_04062019134617.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:50"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:27"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA CLÁUDIA DE QUEIROZ"
    "autor_nome_curto" => "CLÁUDIA QUEIROZ"
    "autor_email" => "claudia.ana.queiroz@gmail"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 53187
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 893
    "inscrito_id" => 234
    "titulo" => "ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PESSOA IDOSA ACOMETIDA COM DEPRESSÃO: REVISÃO INTEGRATIVA."
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: AS MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA, DIMINUIÇÃO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS INFLUENCIAM NO ENVELHECIMENTO, RESULTANDO ASSIM EM UM AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA. DE ACORDO COM A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE, PODE CONCEITUAR-SE O ENVELHECIMENTO COMO UM CONJUNTO DE VÁRIOS DANOS NAS CÉLULAS EM NÍVEL BIOLÓGICO, QUE COM O PASSAR DO TEMPO IMPLICAM NA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE IMUNOLÓGICA E DE ÓRGÃOS, COMO TAMBÉM NA MOBILIDADE E CAPACIDADE COGNITIVA. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA ENTENDIDA COMO UMA INVESTIGAÇÃO SISTEMÁTICA DE UM TEMA ESPECÍFICO COM ANÁLISE DESCRITIVA. A BUSCA NA LITERATURA FOI REALIZADA APÓS ESTABELECIMENTO DE CRITÉRIOS DE INCLUSÃO. RESULTADOS/DISCURSÃO: OS ARTIGOS RELATAM A INFLUÊNCIA DA PERIODICIDADE, DA PREVALÊNCIA E DO AGRAVAMENTO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS COMO DOENÇAS CARDIOVASCULARES E METABÓLICAS DEVIDAS O QUADRO DE DEPRESSÃO. OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE TAMBÉM SE DESTACAM COMO PREDISPONENTES A SENTIMENTOS DEPRESSIVOS, ALÉM DE APRESENTAR SUDORESE, IRRITABILIDADE, AGRESSIVIDADE, PENSAMENTO DE PREOCUPAÇÃO, INSÔNIA, MEDO E TRISTEZA. ALÉM DISTO, MUITO IDOSOS FAZEM O USO DE MEDICAMENTOS COMO OS BENZODIAZEPÍNICOS, SENDO O BROMAZEPAM O MAIS PRESCRITO NO BRASIL LIDERANDO COM 56,1%, EM CONTRADIÇÃO APESAR DE ESTES AJUDAREM NOS SINTOMAS DEPRESSIVOS, EM USO PROLONGADO CONSTITUEM FATORES DE RISCO PARA PROBLEMAS NEUROCOGNITIVOS COMO A DEMÊNCIA CONCLUSÃO: PORTANTO, POR MEIO DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS, CONSTATOU A IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DE MAIS ESTUDOS, DE MODO QUE POSSAM SER UTILIZADOS PARA QUALIFICAR E INOVAR AS PRÁTICAS DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, FAMILIARES E CUIDADORES DURANTE O PROCESSO DE CUIDAR IDOSO COM DEPRESSÃO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, DEPRESSÃO, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD4_SA2_ID234_04062019134617.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:50"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:27"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA CLÁUDIA DE QUEIROZ"
    "autor_nome_curto" => "CLÁUDIA QUEIROZ"
    "autor_email" => "claudia.ana.queiroz@gmail"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

INTRODUÇÃO: AS MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA, DIMINUIÇÃO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS INFLUENCIAM NO ENVELHECIMENTO, RESULTANDO ASSIM EM UM AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA. DE ACORDO COM A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE, PODE CONCEITUAR-SE O ENVELHECIMENTO COMO UM CONJUNTO DE VÁRIOS DANOS NAS CÉLULAS EM NÍVEL BIOLÓGICO, QUE COM O PASSAR DO TEMPO IMPLICAM NA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE IMUNOLÓGICA E DE ÓRGÃOS, COMO TAMBÉM NA MOBILIDADE E CAPACIDADE COGNITIVA. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA ENTENDIDA COMO UMA INVESTIGAÇÃO SISTEMÁTICA DE UM TEMA ESPECÍFICO COM ANÁLISE DESCRITIVA. A BUSCA NA LITERATURA FOI REALIZADA APÓS ESTABELECIMENTO DE CRITÉRIOS DE INCLUSÃO. RESULTADOS/DISCURSÃO: OS ARTIGOS RELATAM A INFLUÊNCIA DA PERIODICIDADE, DA PREVALÊNCIA E DO AGRAVAMENTO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS COMO DOENÇAS CARDIOVASCULARES E METABÓLICAS DEVIDAS O QUADRO DE DEPRESSÃO. OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE TAMBÉM SE DESTACAM COMO PREDISPONENTES A SENTIMENTOS DEPRESSIVOS, ALÉM DE APRESENTAR SUDORESE, IRRITABILIDADE, AGRESSIVIDADE, PENSAMENTO DE PREOCUPAÇÃO, INSÔNIA, MEDO E TRISTEZA. ALÉM DISTO, MUITO IDOSOS FAZEM O USO DE MEDICAMENTOS COMO OS BENZODIAZEPÍNICOS, SENDO O BROMAZEPAM O MAIS PRESCRITO NO BRASIL LIDERANDO COM 56,1%, EM CONTRADIÇÃO APESAR DE ESTES AJUDAREM NOS SINTOMAS DEPRESSIVOS, EM USO PROLONGADO CONSTITUEM FATORES DE RISCO PARA PROBLEMAS NEUROCOGNITIVOS COMO A DEMÊNCIA CONCLUSÃO: PORTANTO, POR MEIO DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS, CONSTATOU A IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DE MAIS ESTUDOS, DE MODO QUE POSSAM SER UTILIZADOS PARA QUALIFICAR E INOVAR AS PRÁTICAS DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, FAMILIARES E CUIDADORES DURANTE O PROCESSO DE CUIDAR IDOSO COM DEPRESSÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.