Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

PROGRAMA DE ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: BUSCANDO A INTEGRALIDADE E AUTONOMIA NO CUIDADO

Palavra-chaves: SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO EM SAÚDE, FAMÍLIAS Relato de Experiência(RE) Saúde Coletiva
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5174
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 286
    "inscrito_id" => 368
    "titulo" => "PROGRAMA DE ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: BUSCANDO A INTEGRALIDADE E AUTONOMIA NO CUIDADO"
    "resumo" => "Introdução: Programas de saúde bucal para crianças são importantes, pois, contribuem de forma relevante no tocante à atenção primária em saúde bucal. Objetivos: O referido programa objetivou a promoção da saúde da criança de uma forma integral, incluindo não somente as crianças, mas também os professores que as ensinam e as famílias, de modo a fornecer subsídios para que a comunidade assistida desenvolva autonomia em relação à saúde bucal. Desenvolvimento de atividades: Para execução das atividades o programa contou com 19 extensionistas, e um público alvo de 197 crianças e 20 professores, distribuídos em 6 creches do município de Patos-PB; bem como 142 famílias e 30 agentes comunitários de saúde(ACS´s) distribuídos entre 13 Unidades Básicas de Saúde. As ações foram realizadas dividindo a equipe em três eixos: o primeiro trabalhava diretamente com as crianças por meio de atividades educativas, lúdicas e teatralizações além de avaliar a condição de saúde bucal pelos índices IHOS e ceo-d; o segundo eixo trabalhou diretamente com os professores das crianças fazendo capacitações e oficinas sobre temas importantes para saúde bucal na escola e, o terceiro eixo trabalhou com as famílias das crianças fazendo visitas domiciliares juntamente com os ACS´s para conhecer o  ambiente familiar das crianças e posteriormente realizou oficinas com os pais/responsáveis e ACS´s para trabalhar temas relacionados a saúde bucal.  Conclusão: Com base na experiência vivenciada pode-se concluir que programas odontológicos baseados em ações preventivas que abordem as necessidades das populações de menor acesso aos serviços de saúde odontológicos e que integrem comunidade e profissionais de saúde precisam ser valorizados, pois, são capazes de transformar cidadãos em agentes multiplicadores de saúde e formar profissionais com visão de promoção de saúde dentro de uma abordagem holística onde sejam levados em consideração os diferentes aspectos sócio-culturais de cada comunidade."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Saúde Coletiva"
    "palavra_chave" => "SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO EM SAÚDE, FAMÍLIAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_12_03_2014_18_41_48_idinscrito_368_92512f3c2fcbd7cb6baa3b467bf47232.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDILA PABLIZIA CAVALCANTE BATISTA"
    "autor_nome_curto" => "ÉDILA CAVALCANTE"
    "autor_email" => "edilapablizia@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5174
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 286
    "inscrito_id" => 368
    "titulo" => "PROGRAMA DE ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: BUSCANDO A INTEGRALIDADE E AUTONOMIA NO CUIDADO"
    "resumo" => "Introdução: Programas de saúde bucal para crianças são importantes, pois, contribuem de forma relevante no tocante à atenção primária em saúde bucal. Objetivos: O referido programa objetivou a promoção da saúde da criança de uma forma integral, incluindo não somente as crianças, mas também os professores que as ensinam e as famílias, de modo a fornecer subsídios para que a comunidade assistida desenvolva autonomia em relação à saúde bucal. Desenvolvimento de atividades: Para execução das atividades o programa contou com 19 extensionistas, e um público alvo de 197 crianças e 20 professores, distribuídos em 6 creches do município de Patos-PB; bem como 142 famílias e 30 agentes comunitários de saúde(ACS´s) distribuídos entre 13 Unidades Básicas de Saúde. As ações foram realizadas dividindo a equipe em três eixos: o primeiro trabalhava diretamente com as crianças por meio de atividades educativas, lúdicas e teatralizações além de avaliar a condição de saúde bucal pelos índices IHOS e ceo-d; o segundo eixo trabalhou diretamente com os professores das crianças fazendo capacitações e oficinas sobre temas importantes para saúde bucal na escola e, o terceiro eixo trabalhou com as famílias das crianças fazendo visitas domiciliares juntamente com os ACS´s para conhecer o  ambiente familiar das crianças e posteriormente realizou oficinas com os pais/responsáveis e ACS´s para trabalhar temas relacionados a saúde bucal.  Conclusão: Com base na experiência vivenciada pode-se concluir que programas odontológicos baseados em ações preventivas que abordem as necessidades das populações de menor acesso aos serviços de saúde odontológicos e que integrem comunidade e profissionais de saúde precisam ser valorizados, pois, são capazes de transformar cidadãos em agentes multiplicadores de saúde e formar profissionais com visão de promoção de saúde dentro de uma abordagem holística onde sejam levados em consideração os diferentes aspectos sócio-culturais de cada comunidade."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Saúde Coletiva"
    "palavra_chave" => "SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO EM SAÚDE, FAMÍLIAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_12_03_2014_18_41_48_idinscrito_368_92512f3c2fcbd7cb6baa3b467bf47232.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDILA PABLIZIA CAVALCANTE BATISTA"
    "autor_nome_curto" => "ÉDILA CAVALCANTE"
    "autor_email" => "edilapablizia@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: Programas de saúde bucal para crianças são importantes, pois, contribuem de forma relevante no tocante à atenção primária em saúde bucal. Objetivos: O referido programa objetivou a promoção da saúde da criança de uma forma integral, incluindo não somente as crianças, mas também os professores que as ensinam e as famílias, de modo a fornecer subsídios para que a comunidade assistida desenvolva autonomia em relação à saúde bucal. Desenvolvimento de atividades: Para execução das atividades o programa contou com 19 extensionistas, e um público alvo de 197 crianças e 20 professores, distribuídos em 6 creches do município de Patos-PB; bem como 142 famílias e 30 agentes comunitários de saúde(ACS´s) distribuídos entre 13 Unidades Básicas de Saúde. As ações foram realizadas dividindo a equipe em três eixos: o primeiro trabalhava diretamente com as crianças por meio de atividades educativas, lúdicas e teatralizações além de avaliar a condição de saúde bucal pelos índices IHOS e ceo-d; o segundo eixo trabalhou diretamente com os professores das crianças fazendo capacitações e oficinas sobre temas importantes para saúde bucal na escola e, o terceiro eixo trabalhou com as famílias das crianças fazendo visitas domiciliares juntamente com os ACS´s para conhecer o ambiente familiar das crianças e posteriormente realizou oficinas com os pais/responsáveis e ACS´s para trabalhar temas relacionados a saúde bucal. Conclusão: Com base na experiência vivenciada pode-se concluir que programas odontológicos baseados em ações preventivas que abordem as necessidades das populações de menor acesso aos serviços de saúde odontológicos e que integrem comunidade e profissionais de saúde precisam ser valorizados, pois, são capazes de transformar cidadãos em agentes multiplicadores de saúde e formar profissionais com visão de promoção de saúde dentro de uma abordagem holística onde sejam levados em consideração os diferentes aspectos sócio-culturais de cada comunidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.