Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 206
A ESCOLA COMO ESPAÇO DE SOCIALIZAÇÃO: REFLEXÕES SOBRE JUVENTUDE E AS RELAÇÕES DE PODER.

Palavra-chaves: JUVENTUDE, ESCOLA, RELAÇÕES DE PODER Comunicação Oral (CO) GT 04. Fundamentos da Educação Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

Este artigo discute sobre as relações de poder estabelecidas na escola enquanto um dos principais espaços de vivências e de socialização entre os jovens e suas contradições sociais. Neste trabalho buscamos analisar como os jovens constroem sua identidade a partir do espaço da escola e como este se reflete em um espaço que constitui grupos e segrega indivíduos. Na intenção de discutirmos sobre as diferenciações a cerca das concepções de juventude e de compreender como os jovens estão construindo suas identidades e marcando espaços de interação e de relações de poder, que permitem a troca de experiências, a construção e o reconhecimento de sentidos e constituição de grupos, utilizamos a pesquisa bibliográfica. Para tanto, a escola enquanto uma das principais instituições sociais deve atentar-se para a necessidade de reconhecer o jovem em sua diversidade, promovendo a construção de identidade e de um projeto de vida, pois esta se apresenta menos desigual, mas permanece sendo injusta ao propor homogeneizar os jovens e suas identidades. Estas considerações, longe de serem conclusivas, suscitam diversas indagações sobre a condição do jovem e o espaço escolar na sociedade contemporânea.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.