Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

PERCEPÇÃO DA PATERNIDADE E ADOÇÃO NO CONTEXTO DA HOMOAFETIVIDADE: UM ESTUDO COM HOMENS PAIS

Palavra-chaves: PATERNIDADE, HOMOAFETIVIDADE, ADOÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 07 – Gênero, Sexualidades e Produção do conhecimento Publicado em 13 de julho de 2018

Resumo

A adoção é um assunto que gera muitos debates e controvérsias, especialmente nos âmbitos jurídico e psicossocial. A relação adoção-paternidade- homossexualidade nos remete à reflexão, visto que a sociedade tem sofrido transformações no âmbito da família e dos papéis sociais. Este estudo teve como objetivo analisar a percepção da paternidade e da adoção em homens-pais no contexto da homoafetividade. Trata-se de uma pesquisa de campo, do tipo descritiva, com abordagem qualitativa. A amostra utilizada foi do tipo não probabilístico por conveniência. Participaram cinco homens-pais homossexuais, na faixa etária de 35-55 anos, que adotaram crianças. Foram usados como instrumentos uma entrevista semiestruturada contendo perguntas específicas sobre o objeto de estudo em questão; e um questionário sociodemográfico com questões sobre idade, renda, ocupação etc. A análise das entrevistas foi processada segundo procedimentos de inclusão em Categorias Temáticas ex post facto. A análise sociodemográfica sinalizou a heterogeneidade dos dados entre os participantes, o que significa que, embora façam parte de realidades distintas, os questionamentos e vivências apresentam-se de forma semelhante para todos. Da análise das entrevistas emergiram as seguintes classes temáticas: Paternidade, Família, Processo adotivo e Educação. Essas categorias auxiliaram no processo de compreensão da temática proposta. Este estudo demonstrou que homens homossexuais são potencialmente tão aptos à paternidade quanto os heterossexuais de prover uma estrutura sólida e frutífera para o desenvolvimento físico, cognitivo e afetivo de uma criança e/ou adolescente. A sociedade tem caminhado para uma maior compreensão e aceitação desta que é uma das diversas possibilidades de família na atualidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.