Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 358
MULHERES DESTEMIDAS: UMA ANÁLISE DOS SENTIMENTOS E AFETOS DAS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL NO CONTO QUANTOS FILHOS NATALINA TEVE? DE CONCEIÇÃO EVARISTO E O FILME O QUARTO DE JACK DE EMMA DONOGHUE

Palavra-chaves: VIOLÊNCIA SEXUAL, MULHER, SENTIMENTOS, MATERNIDADE Comunicação Oral (CO) GT 11 – História, sentimentos e afetos

Resumo

A violência sexual é um assunto bastante amplo e habitual no nosso dia a dia, porém um ato repugnante e inadmissível para toda sociedade, que deixa em inúmeros dos casos, mais do que a dor, a vergonha e o medo, deixa uma semente, a semente da vida (uma vida). Diante disso, este trabalho tem como objetivo apresentar a história de duas personagens femininas, que se tornaram mães de crianças concebida de um estupro, na juventude. Consequentemente, será feito uma análise comparativa dos sentimentos e afetos gerado pelas protagonistas, vítimas desse infortúnio. Sendo uma do conto “Quantos filhos Natalina teve?” da obra Olhos d’agua (2015), de Conceição Evaristo. E a outra, do filme O quarto de Jack (2015), de Emma Donoghue. O estudo será embasada nos conceitos de afeto, sentimentos e emoções, proposto por Amaral (2007), em seu livro Psicologia da Educação e Cezar & Jucá-Vasconcelos (2016). Além de evidenciamos o conceito de violência contra mulher e refletimos sobre o desafio da maternidade na adolescência, obtida por tal delito.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.