Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: O CASO DAS MARISQUEIRAS QUE SE TORNARAM OPERÁRIAS EM GOIANA/PE

Palavra-chaves: TRANSFORMAÇÕES, GÊNERO, GOIANA Comunicação Oral (CO) GT 05 – Famílias e parentalidades
"2018-07-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42089
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 86
    "inscrito_id" => 410
    "titulo" => "AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: O CASO DAS MARISQUEIRAS QUE SE TORNARAM OPERÁRIAS EM GOIANA/PE"
    "resumo" => """
      AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: o caso das marisqueiras que se tornaram operárias em Goiana/PE.\r\n
      O presente artigo é o resultado da tese de doutorado em que visa discutir sobre as transformações nas relações familiares e de trabalho nos territórios pesqueiros de Goiana/PE. Almejou-se conhecer os modos de vida nos tempos antigos para contrastá-los com os dias atuais, visto que o território de Goiana/PE tem recebido grandes empresas, entre elas a Fiat/Jeep/Chrysler. Foram realizadas entrevistas com idosas dos povoados pesqueiros; com as marisqueiras e com as líderes de movimentos sociais. Recorreu-se à história oral, assim como a observação participante e a entrevistas em profundidade. Os resultados da pesquisa apontam para reações distintas das famílias ao desenvolvimento da região. Por vezes, alteram-se os projetos de família, pois à individualidade ganham relevância em detrimento das expectativas familiares; por outro lado, observam-se padrões tradicionais de família que realçam a permanência das desigualdades de gênero. Porém, ficou evidenciado na pesquisa que a inserção de algumas mulheres nos movimentos sociais (de pescadores e quilombolas) promove uma postura ativa com repercussões na esfera privada, na medida em que possibilita uma maior divisão das tarefas domésticas, resultado de uma crescente participação na esfera pública.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 05 – Famílias e parentalidades"
    "palavra_chave" => "TRANSFORMAÇÕES, GÊNERO, GOIANA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD1_SA6_ID410_03052018170501.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VALÉRIA COSTA ALDECI DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "VALÉRIA"
    "autor_email" => "valeriaaldeci@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42089
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 86
    "inscrito_id" => 410
    "titulo" => "AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: O CASO DAS MARISQUEIRAS QUE SE TORNARAM OPERÁRIAS EM GOIANA/PE"
    "resumo" => """
      AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: o caso das marisqueiras que se tornaram operárias em Goiana/PE.\r\n
      O presente artigo é o resultado da tese de doutorado em que visa discutir sobre as transformações nas relações familiares e de trabalho nos territórios pesqueiros de Goiana/PE. Almejou-se conhecer os modos de vida nos tempos antigos para contrastá-los com os dias atuais, visto que o território de Goiana/PE tem recebido grandes empresas, entre elas a Fiat/Jeep/Chrysler. Foram realizadas entrevistas com idosas dos povoados pesqueiros; com as marisqueiras e com as líderes de movimentos sociais. Recorreu-se à história oral, assim como a observação participante e a entrevistas em profundidade. Os resultados da pesquisa apontam para reações distintas das famílias ao desenvolvimento da região. Por vezes, alteram-se os projetos de família, pois à individualidade ganham relevância em detrimento das expectativas familiares; por outro lado, observam-se padrões tradicionais de família que realçam a permanência das desigualdades de gênero. Porém, ficou evidenciado na pesquisa que a inserção de algumas mulheres nos movimentos sociais (de pescadores e quilombolas) promove uma postura ativa com repercussões na esfera privada, na medida em que possibilita uma maior divisão das tarefas domésticas, resultado de uma crescente participação na esfera pública.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 05 – Famílias e parentalidades"
    "palavra_chave" => "TRANSFORMAÇÕES, GÊNERO, GOIANA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD1_SA6_ID410_03052018170501.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VALÉRIA COSTA ALDECI DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "VALÉRIA"
    "autor_email" => "valeriaaldeci@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de julho de 2018

Resumo

AS TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DEBATE: o caso das marisqueiras que se tornaram operárias em Goiana/PE. O presente artigo é o resultado da tese de doutorado em que visa discutir sobre as transformações nas relações familiares e de trabalho nos territórios pesqueiros de Goiana/PE. Almejou-se conhecer os modos de vida nos tempos antigos para contrastá-los com os dias atuais, visto que o território de Goiana/PE tem recebido grandes empresas, entre elas a Fiat/Jeep/Chrysler. Foram realizadas entrevistas com idosas dos povoados pesqueiros; com as marisqueiras e com as líderes de movimentos sociais. Recorreu-se à história oral, assim como a observação participante e a entrevistas em profundidade. Os resultados da pesquisa apontam para reações distintas das famílias ao desenvolvimento da região. Por vezes, alteram-se os projetos de família, pois à individualidade ganham relevância em detrimento das expectativas familiares; por outro lado, observam-se padrões tradicionais de família que realçam a permanência das desigualdades de gênero. Porém, ficou evidenciado na pesquisa que a inserção de algumas mulheres nos movimentos sociais (de pescadores e quilombolas) promove uma postura ativa com repercussões na esfera privada, na medida em que possibilita uma maior divisão das tarefas domésticas, resultado de uma crescente participação na esfera pública.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.