Artigo Anais III CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

CÂNCER DE PERITÔNIO E RETROPERITÔNIO: ANÁLISE COMPARATIVA DO PERFIL DA MORTALIDADE NO BRASIL, REGIÃO NORDESTE E PARAÍBA.

Palavra-chaves: MESOTELIOMA, PERITÔNIO, CARCINOMA Pôster (PO) AT-14: Epidemiologia
"2018-06-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 40877
    "edicao_id" => 88
    "trabalho_id" => 483
    "inscrito_id" => 906
    "titulo" => "CÂNCER DE PERITÔNIO E RETROPERITÔNIO: ANÁLISE COMPARATIVA DO PERFIL DA MORTALIDADE NO BRASIL, REGIÃO NORDESTE E PARAÍBA."
    "resumo" => "Carcinomatose peritoneal é a presença de células tumorais espalhadas na superfície dos órgãos abdominais, as metástases peritoneais representam uma fase avançada do câncer que, mesmo sendo uma disseminação sistêmica, está associada a um mal prognóstico e baixa sobrevida. O câncer de peritônio pode ser primário, aquele que se forma na própria membrana podendo ser classificado em mesotelioma peritoneal, forma mais comum; e o carcinoma primário do peritônio, forma mais rara. Existindo também câncer peritoneal de origem secundária, forma mais frequente, caracterizada por iniciar em outro órgão e posteriormente se implantar no peritônio, como metástases. Portanto o objetivo desta pesquisa foi avaliar e descrever a distribuição dos índices epidemiológicos de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio (CID 48) em território brasileiro, fazendo uma relação entre o Brasil, região Nordeste e Paraíba, considerando e relacionando ambos os sexos e faixa etária em três décadas (1986-1995/ 1996-2005/ 2006-2015). Sendo este, um estudo documental, realizado através da busca dos índices de mortalidade ajustada por 100 mil habitantes, no Atlas On-line de Mortalidade (INCA – Ministério da Saúde). Foi observado que em todas as condições analisadas houve um crescimento gradativo da mortalidade, ficando a Paraíba acima da média nacional. Houve uma predominância no número de mortes a partir de 50 anos de idade, sendo o público feminino o mais acometido nesta idade. Assim, conclui-se que as taxas de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio tornaram-se crescentes nos últimos anos, sendo a população feminina e paraibana, a mais acometida dentro dessa faixa etária."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-14: Epidemiologia"
    "palavra_chave" => "MESOTELIOMA, PERITÔNIO, CARCINOMA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV108_MD4_SA14_ID906_21052018083540.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:35:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA CANDIDA VALOIS COSTA"
    "autor_nome_curto" => "CANDIDA VALOIS"
    "autor_email" => "candidavalois@gmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais III CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "III Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a0164e65af_16022020235844.png"
    "edicao_capa" => "5f1844cf3c5b5_22072020105319.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-06-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 40877
    "edicao_id" => 88
    "trabalho_id" => 483
    "inscrito_id" => 906
    "titulo" => "CÂNCER DE PERITÔNIO E RETROPERITÔNIO: ANÁLISE COMPARATIVA DO PERFIL DA MORTALIDADE NO BRASIL, REGIÃO NORDESTE E PARAÍBA."
    "resumo" => "Carcinomatose peritoneal é a presença de células tumorais espalhadas na superfície dos órgãos abdominais, as metástases peritoneais representam uma fase avançada do câncer que, mesmo sendo uma disseminação sistêmica, está associada a um mal prognóstico e baixa sobrevida. O câncer de peritônio pode ser primário, aquele que se forma na própria membrana podendo ser classificado em mesotelioma peritoneal, forma mais comum; e o carcinoma primário do peritônio, forma mais rara. Existindo também câncer peritoneal de origem secundária, forma mais frequente, caracterizada por iniciar em outro órgão e posteriormente se implantar no peritônio, como metástases. Portanto o objetivo desta pesquisa foi avaliar e descrever a distribuição dos índices epidemiológicos de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio (CID 48) em território brasileiro, fazendo uma relação entre o Brasil, região Nordeste e Paraíba, considerando e relacionando ambos os sexos e faixa etária em três décadas (1986-1995/ 1996-2005/ 2006-2015). Sendo este, um estudo documental, realizado através da busca dos índices de mortalidade ajustada por 100 mil habitantes, no Atlas On-line de Mortalidade (INCA – Ministério da Saúde). Foi observado que em todas as condições analisadas houve um crescimento gradativo da mortalidade, ficando a Paraíba acima da média nacional. Houve uma predominância no número de mortes a partir de 50 anos de idade, sendo o público feminino o mais acometido nesta idade. Assim, conclui-se que as taxas de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio tornaram-se crescentes nos últimos anos, sendo a população feminina e paraibana, a mais acometida dentro dessa faixa etária."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-14: Epidemiologia"
    "palavra_chave" => "MESOTELIOMA, PERITÔNIO, CARCINOMA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV108_MD4_SA14_ID906_21052018083540.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:35:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA CANDIDA VALOIS COSTA"
    "autor_nome_curto" => "CANDIDA VALOIS"
    "autor_email" => "candidavalois@gmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais III CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "III Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a0164e65af_16022020235844.png"
    "edicao_capa" => "5f1844cf3c5b5_22072020105319.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-06-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de junho de 2018

Resumo

Carcinomatose peritoneal é a presença de células tumorais espalhadas na superfície dos órgãos abdominais, as metástases peritoneais representam uma fase avançada do câncer que, mesmo sendo uma disseminação sistêmica, está associada a um mal prognóstico e baixa sobrevida. O câncer de peritônio pode ser primário, aquele que se forma na própria membrana podendo ser classificado em mesotelioma peritoneal, forma mais comum; e o carcinoma primário do peritônio, forma mais rara. Existindo também câncer peritoneal de origem secundária, forma mais frequente, caracterizada por iniciar em outro órgão e posteriormente se implantar no peritônio, como metástases. Portanto o objetivo desta pesquisa foi avaliar e descrever a distribuição dos índices epidemiológicos de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio (CID 48) em território brasileiro, fazendo uma relação entre o Brasil, região Nordeste e Paraíba, considerando e relacionando ambos os sexos e faixa etária em três décadas (1986-1995/ 1996-2005/ 2006-2015). Sendo este, um estudo documental, realizado através da busca dos índices de mortalidade ajustada por 100 mil habitantes, no Atlas On-line de Mortalidade (INCA – Ministério da Saúde). Foi observado que em todas as condições analisadas houve um crescimento gradativo da mortalidade, ficando a Paraíba acima da média nacional. Houve uma predominância no número de mortes a partir de 50 anos de idade, sendo o público feminino o mais acometido nesta idade. Assim, conclui-se que as taxas de mortalidade por câncer de retroperitônio e peritônio tornaram-se crescentes nos últimos anos, sendo a população feminina e paraibana, a mais acometida dentro dessa faixa etária.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.