Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 282
TRAJETOS ACERCA DA INCLUSÃO CULTURAL EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ/RN: AÇÕES PEDAGÓGICAS QUE INCLUEM OU EXCLUEM?

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO PARA DIVERSIDADE, DIVERSIDADE SOCIOCULTURAL, ESPAÇO ESCOLAR, EDUCAÇÃO INCLUSIVA Comunicação Oral (CO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente trabalho encontra-se na área de pesquisa sobre o espaço escolar e a diversidade sociocultural, analisado por meio da observação do ambiente escolar, sendo este o principal âmbito de contraste das diversidades encontradas em nossa sociedade. Buscamos observar como a escola trabalha as diversidades, para que essas não se tornem desigualdades. Objetivamos com a pesquisa, perceber a diversidade sociocultural no espaço escolar e identificar as ações pedagógicas, dificuldades e possibilidades na atuação do pedagogo e gestão escolar na relação com grupos diversos, para tal percepção e reflexão dos dados levantados, faremos uma analise a partir dos estudos de autores que abordam a temática. Para o desenvolver da atividade, foi escolhida uma escola da rede pública municipal de Mossoró/RN, como metodologia utilizamos uma entrevista semiestruturada, com uma pedagoga que está atuando na supervisão escolar. O trabalho se encontra dividido em quatro pontos principais: primeiro, detalharemos sobre a estrutura da escola; segundo, as concepções de educação que são adotadas pela escola; terceiro, neste, apontaremos como ocorre o processo de inclusão sociocultural, e por último, não menos importante, traremos nossas observações e os relatos da entrevista, como é o trabalho pedagógico desenvolvido na escola. O ambiente possui uma infraestrutura adequada para atender as necessidades da clientela, tanto em estrutura física quanto em material pedagógico, garantindo a inclusão das diversidades culturais existentes no âmbito escolar, trabalhando o diálogo entre os sujeitos que convivem nesse espaço, e mesmo que esse tema pareça uma incógnita, tem sido discutido em algumas escolas, através de estudos e projetos. A equipe pedagógica procura desenvolver uma concepção de educação que valorize os conhecimentos prévios do aluno a realidade em que está inserido. Buscam sempre manter uma postura democrática, consolidada no trabalho coletivo que garanta a qualidade da educação. Da mesma forma trabalham com seus alunos, incentivando o trabalho em equipe, motivando-os a encontrarem positividades em seus colegas, valorizando o que cada um tem de melhor, para desenvolverem suas atividades. Ao longo da desenvoltura dos projetos, os professores estão sempre buscando quebrar paradigmas e estigmas, como não colocar para representar o Saci, uma criança negra, mas uma que se identifique e queira participar. A principal ação desenvolvida pela escola é o trabalho em conjunto, em que seus alunos percebam as diferenças, e não as tomem como negatividade, mas valorizando-as como algo positivo. Conceber, enfim, o multiculturalismo numa perspectiva crítica e de resistência pode contribuir para desencadear e fortalecer ações articuladas a uma prática social cotidiana em defesa da diversidade cultural, da vida humana, acima de qualquer forma discriminatória, preconceituosa ou excludente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.