Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O ENSINO DA QUÍMICA NAS TURMAS DE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA PROFISSIONALIZANTE DO MUNICÍPIO DE IGUATU/CE.

Palavra-chaves: APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA, ENSINO DE QUÍMICA, ENSINO MÉDIO Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

As ciências exatas e suas tecnologias possuem importantes funções no desenvolvimento do estudante do ensino médio e seus componentes curriculares podem ser objetos de estudo no processo de formação do cidadão, associados aos valores que correspondem à compreensão das transformações da natureza. O ensino da Química nas escolas, principalmente nas de Ensino Médio, ainda não conseguiu transformar-se em uma atividade prazerosa e significativa. Este trabalho tem a finalidade de investigar a satisfação dos alunos do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual de Educação Profissional Lucas Emanuel Lima Pinheiro, em Iguatu-CE, procurando construir um retrato mais próximo da realidade do ensino de Química nessa Escola. A fim de compreender o processo de ensino-aprendizagem em Química na realidade dessa escola, na perspectiva dos estudantes, buscamos conhecer os métodos educacionais utilizados, a abordagem dos professores na disciplina de Química, bem como a satisfação e a aprendizagem efetiva dos aprendizes. O estudo configura-se como pesquisa de campo e participaram do mesmo 106 estudantes do ensino médio, que responderam a um questionário contendo 8 (oito) perguntas. A pesquisa foi realizada no mês de agosto de 2017. Os resultados apontam que na escola investigada os estudantes mostram interesse pela disciplina de química, porém, alguns apresentam algum tipo de dificuldade em compreender os conteúdos ministrados em sala de aula. Isso ocorre pelo fato de muitos não possuírem os conhecimentos prévios da etapa escolar anterior, dificultando a aprendizagem e a construção do novo conhecimento. A escola possui professores qualificados, os quais sempre incentivam os estudantes na sala de aula e buscam ministrar os conteúdos de forma que possibilitem a interação entre todos durante as aulas, associando os novos conhecimentos com a realidade local e com fatos do dia-a-dia. Utilizam os laboratórios para aulas experimentais, o que contribui para motivação e aprendizagem do ensino de Química.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.