Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 195
O MATERIAL MANIPULÁVEL E A DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS

Palavra-chaves: ENSINO DE MATEMÁTICA, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, MATERIAIS DIDÁTICOS MANIPULÁVEIS Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo investigar as contribuições de objetos manipuláveis do laboratório para o ensino do Teorema de Pitágoras. De caráter quali-quantitativo, seguindo orientações metodológicas de Romberg-Onuchic, a pesquisa foi realizada inicialmente com 23 (vinte e três) estudantes do 1º ano do Instituto Federal Baiano de Teixeira de Freitas. Uma parte da pesquisa foi desenvolvida no próprio Instituto, e a outra, na Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus X, no Laboratório de Ensino e Pesquisa em Educação Matemática (LEPEM). destinado à realização e observação de diversas práticas pedagógicas por meio da utilização de materiais didáticos manipuláveis – neste caso, o Teorema de Pitágoras. Inicialmente, visamos compreender o conceito de LEM e analisar todas as suas características e potencialidades enquanto recurso didático. Para isso, elaboramos um quadro teórico fundamentado em autores para discutir as diversas concepções e perspectivas a respeito do Laboratório de Ensino de Matemática (LEM). Além disso, pesquisamos autores como Lorenzato (2010) e Kallef (2009), que discutem sobre a utilização de materiais didáticos no ensino de Matemática. Percebe-se, enquanto educador matemático em formação, a importância de se utilizar materiais manipuláveis durante a exploração de alguns conceitos. Por exemplo, no desenvolvimento da pesquisa, foi possível identificar a compreensão dos educandos quanto a demonstração do Teorema de Pitágoras. Enfatizamos que é possível a quebra de paradigmas e de comportamento através do uso de atividades de fácil manuseio e compreensão, propiciando assim, a reflexão dos educandos para uma Matemática mais atrativa e significativa, além é claro, de diminuir a fronteira entre o ensino médio e a universidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.