Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 248
JOGO ARREUG: ESTRATÉGIA PARA A ELUCIDAÇÃO DAS PROPRIEDADES PERIÓDICAS

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, JOGO DIDÁTICO, TABELA PERIÓDICA Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Entre as inúmeras estratégias usadas para o aprendizado em diversas áreas, os jogos se destacam bastante, pois dinamizam de forma envolvente o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem de jovens e adultos, não sendo diferente quando se trata das propriedades da tabela periódica. Além disso, as pessoas em geral costumam apresentar grande dificuldade de entendimento e aprendizado quando se trata do conteúdo abordado pelo jogo, destacando a importância de se dinamizar tal assunto, utilizando, então, artifícios que atrai o aluno de maneira que fique perceptível que a tabela periódica também pode ser tratada como entretenimento e não somente como um conteúdo sem serventia imediata para a sua vida. O jogo em questão possui um nível de complexidade crucial para que o jogador não tenha contratempos para assimilar as regras, mas que também proporciona o aumento de informações absorvidas e a composição de novas competências melhorando também a memória, o raciocínio lógico, e a habilidade de estratégia. Neste contexto o presente trabalho expõe o desenvolvimento de um jogo relacionando os elementos químicos e as propriedades periódicas. Elucidando os conteúdos da tabela periódica através de uma dinâmica de dominação de “mundos” despertando no aluno o interesse ao conteúdo juntamente com o desenvolvimento imaginativo além do aumento de habilidades nessa área de ensino. Vale salientar também que o jogo foi feito com base em pesquisas aprofundadas sobre essa temática e inspirado em jogos já existentes, como o xadrez, por exemplo. Os jogadores em sua maioria relatam que o jogo é esteticamente interessante, bem como suas regras os fazem imaginar diversas interações entre o conteúdo e a necessidade da relação das propriedades dos elementos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.