Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

ANÁLISE LINGUÍSTICA E O GÊNERO ENTREVISTA: REFLEXÃO E SUGESTÃO METODOLÓGICA

Palavra-chaves: ANÁLISE LINGUÍSTICA, GÊNERO ENTREVISTA, LIVRO DIDÁTICO Comunicação Oral(CO) GT 15 - O ENSINO E À APRENDIZAGEM DA LEITURA, DA ESCRITA E DA ANÁLISE LINGUÍSTICA EM LÍNGUA MATERNA Publicado em 26 de junho de 2013

Resumo

Considerando que o ensino de língua portuguesa tem revelado novos caminhos desde a década de 80 com os estudos de Linguística Aplicada e provocado mudanças nas propostas dos livros didáticos de português, sobretudo com a sugestão de trabalho com Gêneros Textuais e Análise Linguística, refletiremos, neste trabalho, como essas perspectivas tem ou não se firmado nos LDP enaltecendo a importância dessa ferramenta didática em sala de aula. Em dois manuais didáticos sugeridos pelo PNLD 2011/2013, verificamos a (não) abordagem da análise linguística associada ao gênero entrevista. Para isso partimos da concepção de gênero textual de BEZERRA (2001) e DOLZ (2004), das discussões sobre análise linguística de GERALDI (1997) e ARAÚJO (2010) e da proposta apresentada pelo PCNEF-LP (1998). Sobre os livros analisados, apesar de serem regidos pelos mesmos critérios do PNLD, em apenas um deles constatamos um tratamento linguístico com base nos princípios regidos pelas teorias em relevo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.