Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 258
DINAMIZANDO O ENSINO DE CIÊNCIAS COM A UTILIZAÇÃO DE VÍDEO AULA: UM ESTUDO SOBRE A ELETRICIDADE

Palavra-chaves: ENSINO, ELETRICIDADE, TECNOLOGIA Pôster (PO) GT 19 - Tecnologias e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

No ensino de ciências grande parte dos discentes apresentam dificuldades na compreensão do conteúdo eletricidade, isto que por muitas fezes o professor não utiliza métodos inovadores nas aulas de ciências e em especialmente no ensino da física. Contudo, o professor deve repensar sua pratica educativa, ter formação para o uso dos objetos de aprendizagem, e com isso transforma-se num agente tecnológico para que possa inovar e melhorar a qualidade da educação. O objetivo da pesquisar centra-se em apresentar os resultados da utilização do objeto de aprendizagem: vídeo nas aulas de física com o conteúdo eletricidade na Escola Estadual Ensino Fundamental Médio Estevam Marinho localizada em São Gonçalo, Sousa-PB e enfatizar a importância do uso do vídeo para que esta se constitua uma ferramenta didática que venha a facilitar, motivar e promover o processo de ensino-aprendizagem. Após a aula teorica sobre o conteúdo ELETRICIDADE os discentes responderam um questionario com três perguntas O que sei? O que quero saber? O que aprendi? Intutilada “Tabela de Aprendizado”. Em seguida os discentes assistiram o vídeo intitulado: TUDO SOBRE ELETRICIDADE. Após a exibição do vídeo os discentes responderam um primeiro questiónario como as seguintes perguntas: O que não sabia sobre a Eletricidade? O que aprendi de novo sobre a eletricidade? A utilização do vídeo facilitou a aprendizagem?. Por ultimo foi aplicado um segundo questiónario relacionado ao conteúdo do segmento do vídeo que assintiram Os resultados da pesquisa foram analisados tanto de forma quantitativa quanto qualitativa. Um percentual de 88% dos discentes do 9° ano afirmaram que o vídeo vinculado ao ensino de ciências, motivam o empenho nas atividades em sala de aula, 8% destacaram que o uso do vídeo motiva pouco e apenas 4% não responderam. Dos 44 discentes que participaram da atividade, 93,2% destacaram que a visualização de vídeo facilitou a exposição do conteúdo, pois o professor não utiliza somente o método tradicionalista, pôde-se concluir que os alunos se sentem motivados e atentos quando o professor utiliza ferramentas interativas como o vídeo em sala de aula, os outros 6,8% não souberam responder. Após assistirem os vídeos os alunos foram questionados quanto à aceitabilidade desta metodologia. Um percentual de 72% dos alunos afirmaram que é necessária a utilização de vídeos nas aulas de ciências, principalmente no ensino de física, sendo uma ciência de difícil entendimento. Cerca de 17% acham a utilização dos vídeos pouco necessário nas aulas de ciências. Apenas 11% responderam que a utilização dos vídeos não é necessária nas aulas de ciências, afirmando que conseguem compreender e aprender os conteúdos sem o uso destes. Após a aplicação do vídeo foi possível verificar que o uso dessa estratégia de trabalho diferenciada pode resultar em construção de conhecimento que vai além da simples transmissão teórica do conteúdo. Os resultados apresentados com a aplicação dessa pesquisa evidenciam que a utilização dos vídeos em sala de aula, especialmente no ensino de ciências-física nas series finais em especial no 9° ano constitui-se como uma ferramenta no processo ensino-aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.