Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 261
BIOLOGIA EM FAMÍLIA: APRENDIZAGEM SOBRE OS MICRORGANISMOS COMO PESQUISA ORIENTADA PARA O AMBIENTE FAMILIAR

Palavra-chaves: FAMÍLIA NA APRENDIZAGEM, PESQUISA ORIENTADA, ESTRATÉGIA DE ENSINO, MICRORGANISMO Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

As problemáticas para o ensino de Biologia emergem do cotidiano social, assim, a resolução dessas situações influencia diretamente esse cotidiano, desse modo o conhecimento científico permeia a vida cotidiana dos estudantes e de sua família. Contudo há um distanciamento entre as partes responsáveis na promoção do ensino-aprendizagem integral do estudantes, a escola e a unidade familiar. Diante um contexto que apresenta lacunas nessa relação entre família e escola, proporcionando um ensino fragmentado e dissociado da realidade, há necessidade de práticas de ensino que visem integrar a unidade familiar à aprendizagem. Objetivamos investigar a contribuição do estudo dos microrganismos através de pesquisa orientada para a integração da família ao processo de aprendizagem do adolescente e, encontramos uma alternativa viável a unificação do ensino de biologia e a família, a partir da problematização da microbiologia relacionada a saúde, baseado nos resultados obtidos. Para essa investigação desenvolvemos uma pesquisa-ação na E.E.E.F.M Monsenhor Manuel Vieira, no município de Patos/PB, com as turmas da segunda série do Ensino Médio. Desenvolvemos os procedimentos metodológicos com abordagem qualitativa onde buscamos a compreensão de um fenômeno a partir de dados subjetivos, utilizando o método de raciocínio indutivo, na qual o pesquisador é o professor, encontrava-se imerso no contexto e foi o interpretador da realidade. Os resultados obtidos através da resolução do questionário online disponibilizados no Google Forms, foram analisados qualitativamente comparando com o referencial sobre a contribuição da família na aprendizagem do estudantes, com o objetivo de responder o problema norteador desta pesquisa. Este trabalho demonstrou ser possível a adequação das práticas de ensino em microbiologia que utilizam técnicas clássicas (convencionais) ao desenvolvimento de outras baseadas na aprendizagem como pesquisa orientada (metodologias alternativas) a partir de uma situação-problema, em prol da integração familiar aos processos de ensino e aprendizagem do estudante, objetivando a mudança conceitual e o desenvolvimento do conhecimento atitudinal e procedimental proporcionado pelo conflito cognitivo causado pela resolução de problemas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.