Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AUTORIDADE VERSUS AUTORITARISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavra-chaves: AUTORIDADE, AUTORITARISMO, EDUCAÇÃO INFANTIL, DISCIPLINA, DISCIPLINA Comunicação Oral (CO) GT 09 - Educação Infantil
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 36041
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2786
    "inscrito_id" => 8044
    "titulo" => "AUTORIDADE VERSUS AUTORITARISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL"
    "resumo" => "Nota-se ainda hoje o discurso de que a maior dificuldade no trabalho docente é lidar com questões de indisciplina, a pesar de se ter muitos estudos, e se discutir nas formações acadêmicas. Para Taille (1996, p.9) “Parece ser esta a queixa atual, traduzida notadamente pelo vocábulo ‘limite’: as crianças hoje, não teriam limites, os pais não os imporiam, a escola não os ensinaria, a sociedade não os exigiria, a televisão os sabotaria etc”. Esta problemática é justificada por alguns professores como decorrente do professor ter perdido a sua autoridade perante os alunos. Desta forma, o objetivo deste estudo é analisar a prática pedagógica de três professoras de um centro de educação infantil localizado no município de Francisco Beltrão – PR, com a finalidade de discutir sobre questões relacionadas a autoridade e autoritarismo docente, perpassando pelos comportamentos das crianças tratadas pelo docente como questões de indisciplina, se realmente é um problema, algo negativo, ou se o educador necessita refletir sobre, para modificar ou adaptar sua prática educativa. Com base nisto, foram realizadas observações, e dialogado com professoras da educação infantil e estudos bibliográficos sobre a temática. Que nos levou a refletir sobre o papel de extrema importância do professor enquanto orientador do sujeito no seu processo de formação humana, por meio da elaboração e entendimento da necessidade do cumprimento de regras sociais e da atuação do individuo enquanto cidadão que necessita também posicionar-se frente as regras já instituídas para o convívio em sociedade. Desta forma, ressalta-se a grande relevância deste estudo e consequentemente de maiores estudos sobre a temática aqui tratada."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 09 - Educação Infantil"
    "palavra_chave" => "AUTORIDADE, AUTORITARISMO, EDUCAÇÃO INFANTIL, DISCIPLINA, DISCIPLINA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA9_ID8044_20092017084639.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:21"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDRESSA DOS SANTOS GOFFI"
    "autor_nome_curto" => "ANDRESSA "
    "autor_email" => "goffiandressa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ (UNIOESTE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 36041
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2786
    "inscrito_id" => 8044
    "titulo" => "AUTORIDADE VERSUS AUTORITARISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL"
    "resumo" => "Nota-se ainda hoje o discurso de que a maior dificuldade no trabalho docente é lidar com questões de indisciplina, a pesar de se ter muitos estudos, e se discutir nas formações acadêmicas. Para Taille (1996, p.9) “Parece ser esta a queixa atual, traduzida notadamente pelo vocábulo ‘limite’: as crianças hoje, não teriam limites, os pais não os imporiam, a escola não os ensinaria, a sociedade não os exigiria, a televisão os sabotaria etc”. Esta problemática é justificada por alguns professores como decorrente do professor ter perdido a sua autoridade perante os alunos. Desta forma, o objetivo deste estudo é analisar a prática pedagógica de três professoras de um centro de educação infantil localizado no município de Francisco Beltrão – PR, com a finalidade de discutir sobre questões relacionadas a autoridade e autoritarismo docente, perpassando pelos comportamentos das crianças tratadas pelo docente como questões de indisciplina, se realmente é um problema, algo negativo, ou se o educador necessita refletir sobre, para modificar ou adaptar sua prática educativa. Com base nisto, foram realizadas observações, e dialogado com professoras da educação infantil e estudos bibliográficos sobre a temática. Que nos levou a refletir sobre o papel de extrema importância do professor enquanto orientador do sujeito no seu processo de formação humana, por meio da elaboração e entendimento da necessidade do cumprimento de regras sociais e da atuação do individuo enquanto cidadão que necessita também posicionar-se frente as regras já instituídas para o convívio em sociedade. Desta forma, ressalta-se a grande relevância deste estudo e consequentemente de maiores estudos sobre a temática aqui tratada."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 09 - Educação Infantil"
    "palavra_chave" => "AUTORIDADE, AUTORITARISMO, EDUCAÇÃO INFANTIL, DISCIPLINA, DISCIPLINA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA9_ID8044_20092017084639.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:21"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDRESSA DOS SANTOS GOFFI"
    "autor_nome_curto" => "ANDRESSA "
    "autor_email" => "goffiandressa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ (UNIOESTE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Nota-se ainda hoje o discurso de que a maior dificuldade no trabalho docente é lidar com questões de indisciplina, a pesar de se ter muitos estudos, e se discutir nas formações acadêmicas. Para Taille (1996, p.9) “Parece ser esta a queixa atual, traduzida notadamente pelo vocábulo ‘limite’: as crianças hoje, não teriam limites, os pais não os imporiam, a escola não os ensinaria, a sociedade não os exigiria, a televisão os sabotaria etc”. Esta problemática é justificada por alguns professores como decorrente do professor ter perdido a sua autoridade perante os alunos. Desta forma, o objetivo deste estudo é analisar a prática pedagógica de três professoras de um centro de educação infantil localizado no município de Francisco Beltrão – PR, com a finalidade de discutir sobre questões relacionadas a autoridade e autoritarismo docente, perpassando pelos comportamentos das crianças tratadas pelo docente como questões de indisciplina, se realmente é um problema, algo negativo, ou se o educador necessita refletir sobre, para modificar ou adaptar sua prática educativa. Com base nisto, foram realizadas observações, e dialogado com professoras da educação infantil e estudos bibliográficos sobre a temática. Que nos levou a refletir sobre o papel de extrema importância do professor enquanto orientador do sujeito no seu processo de formação humana, por meio da elaboração e entendimento da necessidade do cumprimento de regras sociais e da atuação do individuo enquanto cidadão que necessita também posicionar-se frente as regras já instituídas para o convívio em sociedade. Desta forma, ressalta-se a grande relevância deste estudo e consequentemente de maiores estudos sobre a temática aqui tratada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.