Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AFETIVIDADE E ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: REFLEXÕES DE UMA PRÁTICA

Palavra-chaves: AFETIVIDADE, CRIANÇA, PROFESSOR Comunicação Oral (CO) GT 09 - Educação Infantil Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo tem como objeto de estudo uma discussão sobre a dimensão afetiva na relação ensino-aprendizagem na Educação Infantil, tomando como foco a reflexão da nossa prática pedagógica nesse nível de ensino. Escolhemos a abordagem psicogenética de Henri Wallon para fundamentar o estudo, visto que sua teoria fornece elementos fecundos para compreensão da interação professor/aluno na escola. Os seus conceitos sobre o desenvolvimento da constituição da afetividade da criança convertem-se em um instrumento que amplia as possibilidades do professor trabalhar as dimensões da interação organismo-meio e os aspectos cognitivos, afetivos e motores das crianças. Fizemos um recorte de nossa prática pedagógica, materializado em registros de situações vividas com uma criança de cinco anos, do nível IV que apresentava problemas de adaptação e socialização e analisamos atividades pedagógicas realizadas em nossas aulas que tinham como objetivo o desenvolvimento da personalidade e autonomia dessa criança e do restante da turma. Partimos do pressuposto de que o conhecimento dos professores de Educação Infantil acerca do processo de construção de uma personalidade infantil autônoma pode interferir positivamente no desenvolvimento afetivo e psicológico da criança. Os resultados advindos de uma reflexão teórica sobre a própria prática nos permitem tomar atitudes mais informadas e conscientes sobre o desenvolvimento da afetividade das crianças na Educação Infantil.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.