Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 282
A OBSERVAÇÃO DE AVES NO IFMT CAMPUS SÃO VICENTE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO

Palavra-chaves: AVIFAUNA, ENSINO MÉDIO INTEGRADO, INVENTÁRIO, PESQUISA Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, campus São Vicente, é um campus de perfil rural, e oferta cursos de nível superior e de nível médio. Está localizado em uma região de forte pressão antrópica, dada a intensa atividade agrícola, principalmente na produção de soja, algodão e milho, por outro lado, também está situado próximo de unidades de conservação (estadual e federal) e reservas particulares que juntas formam o Corredor de Biodiversidade Cuiabá-São Lourenço. Da mesma forma que a paisagem externa, o campus São Vicente, com os seus 5.000 hectares de área total, possui um mosaico de paisagens naturais e antrópicas que servem para a produção e abastecimento do campus e de suporte para o ensino, pesquisa e extensão. Das paisagens naturais preserva-se 2.500 hectares de Reserva Legal, assumindo um papel interessante na conservação da biodiversidade local. Dentro deste contexto, este estudo se propôs a: 1) executar, com uma equipe de alunos do curso Técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio, observações e registros fotográficos das aves encontradas nos espaços antropizados e naturais do campus, utilizando-se de trilhas pré-existentes. Para alcançar este objetivo foram realizados levantamentos exaustivos e amostragens por transecto. A equipe registrou um total de 109 espécies organizadas em 38 famílias, dessas, 17 são espécies de aves migratórias, 07 são espécies endêmicas do cerrado e 02 espécies estão classificadas como “Quase Ameaçadas – Near Threatned”. Esta pesquisa possui um nível de relevância dupla: biológica e educacional, ou seja, os resultados alcançados serviram para compor um importante inventário da avifauna local, expondo a presença de espécies de aves migrantes, endêmicas do cerrado e de espécies que suas populações já estão classificadas na categoria de “quase ameaçadas”. Complementarmente, proporcionou a experimentação científica de estudantes do curso Técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio que saíram para fora dos “muros” da sala de aula e iniciaram os primeiros passos da pesquisa acadêmica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.