Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A ANTROPOENTOMOFAGIA COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DESMISTIFICAR O USO DE INSETOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR

Palavra-chaves: ANTROPOENTOMOFAGIA, EXPOSITIVAS-DIALOGADAS, FERRAMENTA DIDáTICA Pôster (PO) GT 17 – Ensino e suas interseções
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 35012
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2844
    "inscrito_id" => 8642
    "titulo" => "A ANTROPOENTOMOFAGIA COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DESMISTIFICAR O USO DE INSETOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR"
    "resumo" => "A antropoentomofagia consiste na ação humana de se alimentar de insetos. Tal hábito já foi mais comum dentre a população mundial como um todo, restando hoje apenas alguns povos que ainda mantêm esse costume, geralmente em países orientais e comunidades tribais. Levando em consideração o rico valor nutricional, principalmente proteico que os insetos apresentam, adotá-los na alimentação, uma vez que estes sejam de procedência confiável, é uma ideia promissora, já que se projeta um futuro em que a quantidade de alimento produzido não será suficiente para a humanidade, e uma das alternativas para contornar tal problema seria comer insetos. Trabalhar isso em sala de aula é um desafio que conflita diretamente com a educação vinda de casa e construída naqueles alunos até então. A utilização de recursos didático-pedagógicos busca preencher as lacunas deixadas pela aula tradicional, trabalhando o conteúdo de forma mais diferenciada, levando os alunos a participarem do processo de aprendizagem. Apresentar o tema com aulas expositivas-dialogadas é fundamental para preparar a turma. Cada vez mais, modelos alternativos às aulas tradicionais estão sendo adotados por professores, e vêm ganhando espaço no meio pedagógico, principalmente, por apresentar resultados positivos no que diz respeito ao aproveitamento da turma. É interessante que eles vejam que essa prática é comum em outros países, e que também pode ser comum aqui. Buscou-se apresentar a antropoentomofagia a um público-alvo composto por estudantes do ensino superior, almejando-se que por meio dessas pessoas que conheceram a antropoentomofagia, essa prática possa ser popularizada na sociedade, e aos poucos reverter o alto preço de mercado por falta de demanda, a um preço que esteja de acordo com o custo de produção, se tornando assim, mais acessível a todos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "ANTROPOENTOMOFAGIA, EXPOSITIVAS-DIALOGADAS, FERRAMENTA DIDáTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA17_ID8642_23092017201836.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENAN RODRIGUES FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "RENAN RODRIGUES"
    "autor_email" => "renan_web@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 35012
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 2844
    "inscrito_id" => 8642
    "titulo" => "A ANTROPOENTOMOFAGIA COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DESMISTIFICAR O USO DE INSETOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR"
    "resumo" => "A antropoentomofagia consiste na ação humana de se alimentar de insetos. Tal hábito já foi mais comum dentre a população mundial como um todo, restando hoje apenas alguns povos que ainda mantêm esse costume, geralmente em países orientais e comunidades tribais. Levando em consideração o rico valor nutricional, principalmente proteico que os insetos apresentam, adotá-los na alimentação, uma vez que estes sejam de procedência confiável, é uma ideia promissora, já que se projeta um futuro em que a quantidade de alimento produzido não será suficiente para a humanidade, e uma das alternativas para contornar tal problema seria comer insetos. Trabalhar isso em sala de aula é um desafio que conflita diretamente com a educação vinda de casa e construída naqueles alunos até então. A utilização de recursos didático-pedagógicos busca preencher as lacunas deixadas pela aula tradicional, trabalhando o conteúdo de forma mais diferenciada, levando os alunos a participarem do processo de aprendizagem. Apresentar o tema com aulas expositivas-dialogadas é fundamental para preparar a turma. Cada vez mais, modelos alternativos às aulas tradicionais estão sendo adotados por professores, e vêm ganhando espaço no meio pedagógico, principalmente, por apresentar resultados positivos no que diz respeito ao aproveitamento da turma. É interessante que eles vejam que essa prática é comum em outros países, e que também pode ser comum aqui. Buscou-se apresentar a antropoentomofagia a um público-alvo composto por estudantes do ensino superior, almejando-se que por meio dessas pessoas que conheceram a antropoentomofagia, essa prática possa ser popularizada na sociedade, e aos poucos reverter o alto preço de mercado por falta de demanda, a um preço que esteja de acordo com o custo de produção, se tornando assim, mais acessível a todos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "ANTROPOENTOMOFAGIA, EXPOSITIVAS-DIALOGADAS, FERRAMENTA DIDáTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA17_ID8642_23092017201836.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENAN RODRIGUES FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "RENAN RODRIGUES"
    "autor_email" => "renan_web@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

A antropoentomofagia consiste na ação humana de se alimentar de insetos. Tal hábito já foi mais comum dentre a população mundial como um todo, restando hoje apenas alguns povos que ainda mantêm esse costume, geralmente em países orientais e comunidades tribais. Levando em consideração o rico valor nutricional, principalmente proteico que os insetos apresentam, adotá-los na alimentação, uma vez que estes sejam de procedência confiável, é uma ideia promissora, já que se projeta um futuro em que a quantidade de alimento produzido não será suficiente para a humanidade, e uma das alternativas para contornar tal problema seria comer insetos. Trabalhar isso em sala de aula é um desafio que conflita diretamente com a educação vinda de casa e construída naqueles alunos até então. A utilização de recursos didático-pedagógicos busca preencher as lacunas deixadas pela aula tradicional, trabalhando o conteúdo de forma mais diferenciada, levando os alunos a participarem do processo de aprendizagem. Apresentar o tema com aulas expositivas-dialogadas é fundamental para preparar a turma. Cada vez mais, modelos alternativos às aulas tradicionais estão sendo adotados por professores, e vêm ganhando espaço no meio pedagógico, principalmente, por apresentar resultados positivos no que diz respeito ao aproveitamento da turma. É interessante que eles vejam que essa prática é comum em outros países, e que também pode ser comum aqui. Buscou-se apresentar a antropoentomofagia a um público-alvo composto por estudantes do ensino superior, almejando-se que por meio dessas pessoas que conheceram a antropoentomofagia, essa prática possa ser popularizada na sociedade, e aos poucos reverter o alto preço de mercado por falta de demanda, a um preço que esteja de acordo com o custo de produção, se tornando assim, mais acessível a todos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.