Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 206
O DESENVOLVIMENTO DA ARGUMENTAÇÃO A PARTIR DA MULTIMODALIDADE

Palavra-chaves: ARGUMENTAÇÃO, LETRAMENTO, MULTIMODALIDADE, TEXTO Comunicação Oral (CO) GT11-MULTILETRAMENTOS E FORMAÇÃO DE PROFESSOR Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Resumo: Sabendo-se da importância da capacidade de reflexão, como uma ferramenta para o desenvolvimento da atividade comunicativa, entende-se que diferentes práticas de leitura podem auxiliar no contexto de aprendizagem e de afirmação de um sujeito crítico. Compreendemos que as práticas de letramento têm ganhado um espaço considerável entre as atividades docentes, isso é visto como um avanço para a educação brasileira. Dessa forma, buscamos com a realização desta pesquisa, propor maneiras de trabalho com multimodalidades textuais e letramento. Neste âmbito, partimos das diferentes práticas de letramento com o intuito de fazer com que os alunos possam ter acesso a diferentes modalidades de textos e com isso desenvolver o seu poder argumentativo. Portanto será desenvolvida uma proposta de Sequência Didática para que possa ser utilizada em sala de aula do ensino fundamental. Assim, este trabalho tem por objetivo geral propor atividades que permitam que os alunos leiam e produzam textos de qualidade, além de desenvolver a oralidade e o pensamento crítico. Bem como, elencamos como objetivos específicos: formar alunos capazes de usar adequadamente a língua materna, em suas modalidades escrita e oral e, além disso, refletir criticamente sobre o que lêem e escrevem; fazer relações intertextuais entre os diferentes textos lidos e contribuir no processo de escrita. Esta pesquisa está inserida no paradigma qualitativo, uma vez que exploramos diferentes modalidades textuais para contribuir no processo de ensino/aprendizagem atrelados ao letramento escolar. Como principais aportes teóricos destacamos Soares (2009), que nos traz base e referencial teórico acerca do letramento e suas contribuições para a aprendizagem. De acordo com Soares (2009), o que torna um indivíduo letrado é sua capacidade de utilizar a leitura e a escrita em sociedade, o fato de ser um sujeito alfabetizado não garante essa formação comunicativa e crítica. Dessa forma, compreendemos que o letramento está intimamente ligado ao uso concreto da leitura e da escrita. Para tanto, utilizamos também Ferreiro(2002), Tfouni (2010), Kleiman (2008), para melhor entendermos e relacionarmos os questionamentos sobre o letramento escolar. Como conclusões parciais, destacamos que, o aluno pode associar seu conhecimento de mundo às novas modalidades de textos, e que as diferentes práticas de letramento, podem ser auxílio para o desenvolvimento da oralidade e da exposição e opinião e pensamento crítico.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.