Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 237
MEMÓRIAS DIGITAIS: “POSTS” DOS EX-ALUNOS NAS COMUNIDADES DO ORKUT

Palavra-chaves: MEMÓRIAS, ESCRITAS VIRTUAIS, HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT10-HIPERTEXTO E MULTIMODALIDADE: NOVAS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Resumo: Numa tentativa de trazer para o debate as memórias da escola que transitam nas redes sociais do Orkut, este estudo, uma reaproximação da minha tese de doutorado, procura refletir sobre os possíveis significados das postagens, partes fundamentais no tecido das lembranças dos sujeitos. Nessas novas materialidades de escrita, os ex-alunos não se intimidam em narrar as suas histórias escolares, num processo de construção linguística contínuo, possibilitando originar diversificadas formas de evocação que não são neutras; permeadas de nostalgia, afeto, saudades, fazem andar o carrossel das representações vivas de um tempo e de um espaço, portanto, significativos para a história da Educação. Nesse ímã irresistível de interação, os usuários movem-se sobre teclados, telas, deixando registros dos costumes e práticas escolares na Comunidade do Colégio Militar do Rio de Janeiro, assim como na comunidade do Colégio de São Bento do Rio de Janeiro. Será que estas escritas também servem para os olhares de investigação? Condenados a pouca duração, os depoimentos criam chances para analisar os usos e as funções da cultura escrita, descrevendo nas entrelinhas midiáticas outras histórias que perpassam a vida escolar. Os cliques desses sujeitos desmancham as possíveis fronteiras que separavam os espaços públicos e privados, desafiando as velhas categorias, demandando novas interpretações, instigando-me a pensar que o registro dessas experiências possibilita ao sujeito “desnudar-se”. Valho-me dos estudiosos Castillo Gòmes (2000), Vinhao (1997), Chartier (2002), Bauman (2011), Nicolaci-da-Costa (2006), Souza (2007), Lèvy (1999), Sibilia (2008) e Lejeune (2009) para me ajudar a pensar que os sujeitos também se constroem nos diversos suportes de escrita.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.