Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

A IDENTIDADE DO SER FEMININO NO CONTO HISTÓRIA PORTO-ALEGRENSE DE MOACYR SCLIAR: UMA PROPOSTA PARA A SALA DE AULA

Palavra-chaves: MULHERES, IDENTIDADE, LIBERDADE, PROPOSTA DE ENSINO Comunicação Oral (CO) GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA
"2017-04-27 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 27144
    "edicao_id" => 57
    "trabalho_id" => 641
    "inscrito_id" => 1001
    "titulo" => "A IDENTIDADE DO SER FEMININO NO CONTO HISTÓRIA PORTO-ALEGRENSE DE MOACYR SCLIAR: UMA PROPOSTA PARA A SALA DE AULA"
    "resumo" => "A condição feminina é algo difícil de ser discutido. Esmiuçar as questões sociais, emocionais e morais que envolvem esse tema é importante se quisermos compreender o que leva as mulheres à resignação e ao esquecimento de si mesmas. Como sabemos, o percurso histórico de luta pela liberdade feminina nos diz que a sociedade criou estigmas e, infelizmente, enclausurou muitas mulheres na condição de inferioridade. É de suma importância trabalhar com essa temática em sala de aula, tendo em vista que até hoje é uma questão que suscita discussões abrangentes, pois em meio a tantas lutas, ainda há mulheres que não conseguiram se libertar totalmente dessas amarras e que por isso não têm identidade própria, autoestima e visão o suficiente para perceber que podem tecer seus destinos. Moacir Scliar traz no seu conto História porto-alegrense uma mulher que se deixa manipular pelo sentimento e se torna escrava da comodidade de não ter de decidir sobre sua própria vida. Portanto, este trabalho tem como objetivo desenvolver uma possível proposta que indique possibilidades para a realização de discussões no âmbito escolar acerca do tema. Vale salientar que o autor do conto é contemporâneo, o que nos leva a inferir que a temática ainda é bastante atual e precisa, por isso mesmo, ser levada para a sala de aula. Objetivamos, portanto, entender como o corpo discente compreende essa temática e como encara as várias consequências desse emblema social. Como aporte teórico para o nosso estudo, temos Friedan (1971),  Molina (2011), que trazem reflexões importantes sobre o ser feminino e Alves (2014) com uma discussaõ voltada a literatura e o ensino."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA"
    "palavra_chave" => "MULHERES, IDENTIDADE, LIBERDADE, PROPOSTA DE ENSINO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV066_MD1_SA18_ID1001_23032017231958.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:13"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:56:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIVRAMENTO FERNANDA DE LIMA ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA LIMA"
    "autor_email" => "livfernanda2@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-sinalge"
    "edicao_nome" => "Anais IV SINALGE"
    "edicao_evento" => "IV Simpósio Nacional de Linguagens e Gêneros Textuais"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/sinalge/2017"
    "edicao_logo" => "5e4d8586dda3e_19022020155918.png"
    "edicao_capa" => "5f1880a141ece_22072020150833.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-04-27 00:00:00"
    "publicacao_id" => 35
    "publicacao_nome" => "Anais SINALGE"
    "publicacao_codigo" => "2527-0028"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 27144
    "edicao_id" => 57
    "trabalho_id" => 641
    "inscrito_id" => 1001
    "titulo" => "A IDENTIDADE DO SER FEMININO NO CONTO HISTÓRIA PORTO-ALEGRENSE DE MOACYR SCLIAR: UMA PROPOSTA PARA A SALA DE AULA"
    "resumo" => "A condição feminina é algo difícil de ser discutido. Esmiuçar as questões sociais, emocionais e morais que envolvem esse tema é importante se quisermos compreender o que leva as mulheres à resignação e ao esquecimento de si mesmas. Como sabemos, o percurso histórico de luta pela liberdade feminina nos diz que a sociedade criou estigmas e, infelizmente, enclausurou muitas mulheres na condição de inferioridade. É de suma importância trabalhar com essa temática em sala de aula, tendo em vista que até hoje é uma questão que suscita discussões abrangentes, pois em meio a tantas lutas, ainda há mulheres que não conseguiram se libertar totalmente dessas amarras e que por isso não têm identidade própria, autoestima e visão o suficiente para perceber que podem tecer seus destinos. Moacir Scliar traz no seu conto História porto-alegrense uma mulher que se deixa manipular pelo sentimento e se torna escrava da comodidade de não ter de decidir sobre sua própria vida. Portanto, este trabalho tem como objetivo desenvolver uma possível proposta que indique possibilidades para a realização de discussões no âmbito escolar acerca do tema. Vale salientar que o autor do conto é contemporâneo, o que nos leva a inferir que a temática ainda é bastante atual e precisa, por isso mesmo, ser levada para a sala de aula. Objetivamos, portanto, entender como o corpo discente compreende essa temática e como encara as várias consequências desse emblema social. Como aporte teórico para o nosso estudo, temos Friedan (1971),  Molina (2011), que trazem reflexões importantes sobre o ser feminino e Alves (2014) com uma discussaõ voltada a literatura e o ensino."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA"
    "palavra_chave" => "MULHERES, IDENTIDADE, LIBERDADE, PROPOSTA DE ENSINO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV066_MD1_SA18_ID1001_23032017231958.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:13"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:56:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIVRAMENTO FERNANDA DE LIMA ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA LIMA"
    "autor_email" => "livfernanda2@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-sinalge"
    "edicao_nome" => "Anais IV SINALGE"
    "edicao_evento" => "IV Simpósio Nacional de Linguagens e Gêneros Textuais"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/sinalge/2017"
    "edicao_logo" => "5e4d8586dda3e_19022020155918.png"
    "edicao_capa" => "5f1880a141ece_22072020150833.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-04-27 00:00:00"
    "publicacao_id" => 35
    "publicacao_nome" => "Anais SINALGE"
    "publicacao_codigo" => "2527-0028"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

A condição feminina é algo difícil de ser discutido. Esmiuçar as questões sociais, emocionais e morais que envolvem esse tema é importante se quisermos compreender o que leva as mulheres à resignação e ao esquecimento de si mesmas. Como sabemos, o percurso histórico de luta pela liberdade feminina nos diz que a sociedade criou estigmas e, infelizmente, enclausurou muitas mulheres na condição de inferioridade. É de suma importância trabalhar com essa temática em sala de aula, tendo em vista que até hoje é uma questão que suscita discussões abrangentes, pois em meio a tantas lutas, ainda há mulheres que não conseguiram se libertar totalmente dessas amarras e que por isso não têm identidade própria, autoestima e visão o suficiente para perceber que podem tecer seus destinos. Moacir Scliar traz no seu conto História porto-alegrense uma mulher que se deixa manipular pelo sentimento e se torna escrava da comodidade de não ter de decidir sobre sua própria vida. Portanto, este trabalho tem como objetivo desenvolver uma possível proposta que indique possibilidades para a realização de discussões no âmbito escolar acerca do tema. Vale salientar que o autor do conto é contemporâneo, o que nos leva a inferir que a temática ainda é bastante atual e precisa, por isso mesmo, ser levada para a sala de aula. Objetivamos, portanto, entender como o corpo discente compreende essa temática e como encara as várias consequências desse emblema social. Como aporte teórico para o nosso estudo, temos Friedan (1971), Molina (2011), que trazem reflexões importantes sobre o ser feminino e Alves (2014) com uma discussaõ voltada a literatura e o ensino.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.