Artigo Anais VIII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 269
TERRITORIALIDADE QUILOMBOLA, DEMANDAS EDUCACIONAIS E IDENTIDADE: UM OLHAR SOBRE A ESCOLA DA COMUNIDADE QUILOMBOLA PAU FURADO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA, POPULAÇÃO QUILOMBOLA, POLÍTICAS EDUCACIONAIS Comunicação Oral (CO) GT 11 – EDUCAÇÃO DO CAMPO E MILITÂNCIA Publicado em 09 de novembro de 2016

Resumo

O trabalho apresenta os resultados de um estudo realizado na comunidade quilombola Pau Furado localizada no Município de Salvaterra, no Estado do Pará. Pontuamos os principais desafios e demandas educacionais, onde se verificou a precariedade enfrentada pela escola da comunidade e o descaso do poder público. No Estado do Pará existe um grande número de comunidades quilombolas, e as dificuldades enfrentadas por elas são muitas, como exemplo a Educação que ainda é bastante precária. Considerando que a educação é um direito básico para o desenvolvimento do ser humano é de grande relevância que o Estado proporcione uma formação de qualidade para todos. A educação Quilombola tem características e demandas próprias, que precisam ser pautadas no contexto educacional Amazônia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.