Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS POR IDOSOS: UMA REFLEXÃO PARA AS AÇÕES EDUCATIVAS EM SAÚDE

Palavra-chaves: IDOSO. MEDICAMENTO, . MEDICAMENTO, EDUCAÇÃO E SAÚDE Pôster (PO) / Poster Submission AT-10: EDUCAÇÃO E ENVELHECIMENTO
"2016-11-22 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 24737
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 563
    "inscrito_id" => 1876
    "titulo" => "UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS POR  IDOSOS: UMA REFLEXÃO PARA AS AÇÕES EDUCATIVAS EM SAÚDE"
    "resumo" => "Nas últimas décadas a população idosa tem crescido mundialmente. O Brasil segue esta tendência com aproximadamente 14,5 milhões de idosos que corresponde 9,1 % da população em geral. As transições demográficas e epidemiológicas constituem um fenômeno progressivo, cujas doenças crônicas é um fator de risco para o uso indiscriminado de medicamentos por este público. Objetivo: avaliar a utilização de medicamentos por idosos residentes na zona urbana do município de Cuité – PB. Metodologia: É um estudo transversal, exploratório-descritivo-observacional e de abordagem quantitativa. A amostra foi composta 100 idosos usuário da Estratégia de Saúde da Família do município de Cuité, cujos dados foram apresentados e analisados a luz da literatura. O trabalho foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC). Resultados: a maioria dos idosos apresenta idade entre 70-79 anos (42%), sexo feminino (71%), raça branca (56%), casado (36%) e renda familiar até um salário mínimo (82%). Quanto aos aspectos clínicos evidenciou-se que a população idosa possui em média 3 patologias. Os medicamentos mais consumidos remeteu-se a classe dos analgésicos e antiinflamatórios (22%). Apenas 35% dos participantes mencionaram ter recebido informações sobre os riscos da automedicação e cuidados gerais com os medicamentos. Conclusão: O uso desnecessário de medicamentos é uma prática comum na população em geral, contudo, o público idoso apresenta-se mais exposto a este tipo de prática. Neste sentido, torna-se necessário que os profissionais realizem educação em saúde para suprimir o consumo desnecessário entre a população idosa."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "AT-10: EDUCAÇÃO E ENVELHECIMENTO"
    "palavra_chave" => "IDOSO. MEDICAMENTO, . MEDICAMENTO, EDUCAÇÃO E SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA11_ID1876_10102016233634.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDILSON MUNIZ VENCESLAU"
    "autor_nome_curto" => "EDILSON MUNIZ"
    "autor_email" => "edilson_muniz87@hotmail.c"
    "autor_ies" => "INSTITUTO DE CARDIOLOGIA DE DISTRITO FEDERAL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 24737
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 563
    "inscrito_id" => 1876
    "titulo" => "UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS POR  IDOSOS: UMA REFLEXÃO PARA AS AÇÕES EDUCATIVAS EM SAÚDE"
    "resumo" => "Nas últimas décadas a população idosa tem crescido mundialmente. O Brasil segue esta tendência com aproximadamente 14,5 milhões de idosos que corresponde 9,1 % da população em geral. As transições demográficas e epidemiológicas constituem um fenômeno progressivo, cujas doenças crônicas é um fator de risco para o uso indiscriminado de medicamentos por este público. Objetivo: avaliar a utilização de medicamentos por idosos residentes na zona urbana do município de Cuité – PB. Metodologia: É um estudo transversal, exploratório-descritivo-observacional e de abordagem quantitativa. A amostra foi composta 100 idosos usuário da Estratégia de Saúde da Família do município de Cuité, cujos dados foram apresentados e analisados a luz da literatura. O trabalho foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC). Resultados: a maioria dos idosos apresenta idade entre 70-79 anos (42%), sexo feminino (71%), raça branca (56%), casado (36%) e renda familiar até um salário mínimo (82%). Quanto aos aspectos clínicos evidenciou-se que a população idosa possui em média 3 patologias. Os medicamentos mais consumidos remeteu-se a classe dos analgésicos e antiinflamatórios (22%). Apenas 35% dos participantes mencionaram ter recebido informações sobre os riscos da automedicação e cuidados gerais com os medicamentos. Conclusão: O uso desnecessário de medicamentos é uma prática comum na população em geral, contudo, o público idoso apresenta-se mais exposto a este tipo de prática. Neste sentido, torna-se necessário que os profissionais realizem educação em saúde para suprimir o consumo desnecessário entre a população idosa."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "AT-10: EDUCAÇÃO E ENVELHECIMENTO"
    "palavra_chave" => "IDOSO. MEDICAMENTO, . MEDICAMENTO, EDUCAÇÃO E SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA11_ID1876_10102016233634.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDILSON MUNIZ VENCESLAU"
    "autor_nome_curto" => "EDILSON MUNIZ"
    "autor_email" => "edilson_muniz87@hotmail.c"
    "autor_ies" => "INSTITUTO DE CARDIOLOGIA DE DISTRITO FEDERAL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2016

Resumo

Nas últimas décadas a população idosa tem crescido mundialmente. O Brasil segue esta tendência com aproximadamente 14,5 milhões de idosos que corresponde 9,1 % da população em geral. As transições demográficas e epidemiológicas constituem um fenômeno progressivo, cujas doenças crônicas é um fator de risco para o uso indiscriminado de medicamentos por este público. Objetivo: avaliar a utilização de medicamentos por idosos residentes na zona urbana do município de Cuité – PB. Metodologia: É um estudo transversal, exploratório-descritivo-observacional e de abordagem quantitativa. A amostra foi composta 100 idosos usuário da Estratégia de Saúde da Família do município de Cuité, cujos dados foram apresentados e analisados a luz da literatura. O trabalho foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC). Resultados: a maioria dos idosos apresenta idade entre 70-79 anos (42%), sexo feminino (71%), raça branca (56%), casado (36%) e renda familiar até um salário mínimo (82%). Quanto aos aspectos clínicos evidenciou-se que a população idosa possui em média 3 patologias. Os medicamentos mais consumidos remeteu-se a classe dos analgésicos e antiinflamatórios (22%). Apenas 35% dos participantes mencionaram ter recebido informações sobre os riscos da automedicação e cuidados gerais com os medicamentos. Conclusão: O uso desnecessário de medicamentos é uma prática comum na população em geral, contudo, o público idoso apresenta-se mais exposto a este tipo de prática. Neste sentido, torna-se necessário que os profissionais realizem educação em saúde para suprimir o consumo desnecessário entre a população idosa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.