Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

FATORES EXTRÍNSECOS DE RISCO PARA QUEDAS EM IDOSOS NO ÂMBITO HOSPITALAR

Palavra-chaves: IDOSO, ACIDENTES POR QUEDAS, HOSPITALIZAÇÃO Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

As quedas em idosos são consideradas um sério problema de saúde pública em decorrências das consequências ocasionadas. O estudo objetivou: Averiguar os fatores de risco extrínsecos para quedas identificados em uma unidade cirúrgica que podem contribuir para o incidente em idosos hospitalizados. Estudo descritivo, exploratório realizado em um hospital universitário localizado na região Nordeste do Brasil. A população foi constituída de todos os idosos internados na unidade de cirúrgica do referido hospital e a amostra selecionada por conveniência totalizou 50 idosos. Critério de inclusão: indivíduo com idade ≥ de 60 anos, e exclusão: pacientes de reinternação. O instrumento de coleta de dados avaliava fatores intrínsecos e extrínsecos relacionados à queda. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Os resultados apontaram que 70% das enfermarias não tinham excesso de móveis e objetos, 52 % das enfermarias dos idosos foram consideradas como ambientes seguros, e 78% tinham boa iluminação. Em contra partida, 98% dos box dos banheiros não tinham material antiderrapante e 86% deles não tinham barras de segurança. Conclui-se que os fatores extrínsecos de risco de quedas para idosos do estudo sinalizam a necessidade de maior atenção quanto às medidas preventivas de quedas. Além disso, os resultados subsidiarão os profissionais de saúde no planejamento da assistência aos idosos com risco de quedas, hospitalizados em unidade cirúrgica e demais unidade com características semelhantes, buscando assim, a garantida da qualidade dos serviços e da satisfação dos paciente/familiares.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.