Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 224
DOENÇA RENAL CRÔNICA E HEMODIÁLISE NA TERCEIRA IDADE: ESTUDO DE CASO À LUZ DA TEORIA DO AUTOCUIDADO DE OREM

Palavra-chaves: DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM, AUTOCUIDADO, DOENÇA RENAL CRÔNICA, ENVELHECIMENTO, ENVELHECIMENTO Pôster (PO) / Poster Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Introdução: A Doença Renal Crônica tem sido considerada um problema na saúde pública atual. Frente o destaque da população idosa no acometimento da perda renal, sobressai-se a temática do autocuidado, uma vez que o idoso portador dessa comorbidade tem seu cotidiano afetado, com limitações físicas e mentais, o que somado ao processo natural de envelhecimento tende a interferir na capacidade de autocuidado desses. Objetivo: Traçar um plano de cuidados de enfermagem a um paciente idoso submetido ao procedimento hemodialítico, à luz da Teoria de Orem. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo do tipo estudo de caso, realizado no mês de março de 2015 em uma clínica de Nefrologia do Nordeste do Brasil. O estudo teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da instituição responsável, sob o número 387.837. Resultados: Foram identificados os seguintes diagnósticos: Autocontrole ineficaz da saúde, Disposição para melhora do autocuidado e Risco de traumas. Conclusão: O presente estudo de caso possibilitou manter um olhar direcionado para a maneira de um paciente idoso renal crônico dialítico de cuidar de si mesmo, nas dúvidas demonstradas e como estas influenciam diretamente no seu autocuidado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.