Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PORTADOR DA DOENÇA DE ALZHEIMER: UM ESTUDO DE REVISÃO

Palavra-chaves: DOENÇA DE ALZHEIMER, CUIDADOS DE ENFERMAGEM, IDOSO, DEMÊNCIA Pôster (PO) / Poster Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

A Doença de Alzheimer (DA) é uma doença degenerativa progressiva e irreversível que começa de maneira insidiosa, caracterizando-se por perdas graduais da função cognitiva e por distúrbios do comportamento e afeto. Esse tipo de demência afeta cerca de 25 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, estudos epidemiológicos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstram que temos cerca de 1.200.000 pacientes portadores de DA, e que há uma incidência de 100.000 novos casos a cada ano. O presente trabalho tem por objetivo principal identificar na literatura científica atual os principais cuidados de Enfermagem ao idoso acometido pela DA. Trata-se de uma Revisão Bibliográfica da Literatura, realizada entre os meses de Julho e Agosto de 2016, por meio da busca de artigos indexados online nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SCIELO), ambas incluídas na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS). Para a seleção da amostra, empregaram-se como critérios de inclusão: artigos completos, na língua vernácula, disponíveis online, publicados entre os anos de 2009 a 2016, na íntegra e que respondessem a pergunta norteadora do estudo. Como critérios de exclusão, o estudo teve: artigos antigos, incompletos e com acesso mediante pagamento. Utilizando esses critérios, definimos a amostra com 10 artigos, visto que muitos eram antigos e fugiam do tema central da pesquisa. Utilizou-se, também, o Tratado de Enfermagem Médico-Cirúrgica para compor a amostra. Diante dos achados encontrados na literatura, os principais cuidados de enfermagem ao idoso acometido pela Doença de Alzheimer foram: criar um vínculo com o idoso e suas famílias; realizar todos os cuidados técnicos de conforto e alívio de dor conforme conduta e prescrição médica; respeitar às preferências e rotinas familiares do idoso; realizar mudanças de decúbito associada a demais cuidados; criar estratégias de acolhimento e suporte ao idoso e seus familiares; Realizar atividades de estímulo cerebral; estimular os idosos com a convivência familiar e o combate às formas de preconceito; implementar o processo de enfermagem no cuidado aos idosos com DA; promover a aproximação com cada idoso; ofertar suporte para função cognitiva; promover segurança física; entre outros cuidados essenciais. Diante do que foi exposto, conclui-se então que os cuidados de enfermagem dispensados ao idoso acometido pela DA são essenciais para melhorar seu estado de saúde, promovendo, dessa forma, uma melhor qualidade de vida e autonomia, aumento da sua sobrevida fortalecimento do seu convívio familiar e social.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.