Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

AÇÕES DE PROMOÇÃO EM SAÚDE PARA PREVENÇÃO DE AGRAVOS FÍSICOS NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DE IDOSOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA.

Palavra-chaves: IDOSOS, PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E PROTEÇÃO EM SAÚDE, EXERCÍCIO FÍSICO Pôster (PO) / Poster Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA
"2016-11-22 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 24311
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 569
    "inscrito_id" => 1848
    "titulo" => "AÇÕES DE PROMOÇÃO EM SAÚDE PARA PREVENÇÃO DE AGRAVOS FÍSICOS NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DE IDOSOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA."
    "resumo" => "A idade avançada traz consigo declínios nas funções de integração visual, da sensação vestibular e periférica, dos comandos centrais, das respostas neuromusculares, da força muscular e do tempo de reação, que influenciam na alteração do equilíbrio e da coordenação. O processo de envelhecimento por si só já é um fator potencializador para o acometimento de agravos físicos, que somado a desinformação sobre formas de prevenção e promoção à saúde resulta em dados relacionados a frequência de quedas da população idosa. Visto que o Centro de Convivência de Idosos é um meio de abranger esta população de forma ampla para a prática de promoção, prevenção e proteção à saúde do público em questão, a Equipe Multidisciplinar de Residentes em Atenção Básica em Saúde da Família e Comunidade, desenvolveu ações em saúde nesse espaço. O presente estudo se caracteriza como relato de experiência, em que foram desenvolvidas ações em saúde, voltadas para o exercício físico de força muscular, equilíbrio, coordenação e estimulo da cognição. No geral os exercícios propiciaram um momento de interação, descontração e estreitamento de vínculos entre os idosos, tendo em vista que eles são participativos e gostam de se sentir ativos. Com tudo isso, pode-se observar que a maioria das perdas funcionais e cognitivas se acentua durante a terceira idade e, por isso, se torna clara a necessidade de maior atenção a variados estados de condições de saúde dos idosos, sendo prioritário a intervenção preventiva e de promoção à saúde, através de intervenções de equipes multidisciplinares, em Centros de Convivência de Idosos, para abranger um maior número de indivíduos dessa população. As ações tornaram-se instrumentalizadoras de mudanças de vidas, propiciando a prevenção de quedas e outros agravos acometidos na terceira idade, a partir da promoção do exercício físico e de atividades de reflexão ao processo de envelhecimento e cuidado do ambiente que se inserem."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E PROTEÇÃO EM SAÚDE, EXERCÍCIO FÍSICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD4_SA8_ID1848_10102016234135.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CARLA EMANUELLE MEDEIROS NUNES"
    "autor_nome_curto" => "CARLA EMANUELLE"
    "autor_email" => "cemanuelle@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 24311
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 569
    "inscrito_id" => 1848
    "titulo" => "AÇÕES DE PROMOÇÃO EM SAÚDE PARA PREVENÇÃO DE AGRAVOS FÍSICOS NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DE IDOSOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA."
    "resumo" => "A idade avançada traz consigo declínios nas funções de integração visual, da sensação vestibular e periférica, dos comandos centrais, das respostas neuromusculares, da força muscular e do tempo de reação, que influenciam na alteração do equilíbrio e da coordenação. O processo de envelhecimento por si só já é um fator potencializador para o acometimento de agravos físicos, que somado a desinformação sobre formas de prevenção e promoção à saúde resulta em dados relacionados a frequência de quedas da população idosa. Visto que o Centro de Convivência de Idosos é um meio de abranger esta população de forma ampla para a prática de promoção, prevenção e proteção à saúde do público em questão, a Equipe Multidisciplinar de Residentes em Atenção Básica em Saúde da Família e Comunidade, desenvolveu ações em saúde nesse espaço. O presente estudo se caracteriza como relato de experiência, em que foram desenvolvidas ações em saúde, voltadas para o exercício físico de força muscular, equilíbrio, coordenação e estimulo da cognição. No geral os exercícios propiciaram um momento de interação, descontração e estreitamento de vínculos entre os idosos, tendo em vista que eles são participativos e gostam de se sentir ativos. Com tudo isso, pode-se observar que a maioria das perdas funcionais e cognitivas se acentua durante a terceira idade e, por isso, se torna clara a necessidade de maior atenção a variados estados de condições de saúde dos idosos, sendo prioritário a intervenção preventiva e de promoção à saúde, através de intervenções de equipes multidisciplinares, em Centros de Convivência de Idosos, para abranger um maior número de indivíduos dessa população. As ações tornaram-se instrumentalizadoras de mudanças de vidas, propiciando a prevenção de quedas e outros agravos acometidos na terceira idade, a partir da promoção do exercício físico e de atividades de reflexão ao processo de envelhecimento e cuidado do ambiente que se inserem."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E PROTEÇÃO EM SAÚDE, EXERCÍCIO FÍSICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD4_SA8_ID1848_10102016234135.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CARLA EMANUELLE MEDEIROS NUNES"
    "autor_nome_curto" => "CARLA EMANUELLE"
    "autor_email" => "cemanuelle@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2016

Resumo

A idade avançada traz consigo declínios nas funções de integração visual, da sensação vestibular e periférica, dos comandos centrais, das respostas neuromusculares, da força muscular e do tempo de reação, que influenciam na alteração do equilíbrio e da coordenação. O processo de envelhecimento por si só já é um fator potencializador para o acometimento de agravos físicos, que somado a desinformação sobre formas de prevenção e promoção à saúde resulta em dados relacionados a frequência de quedas da população idosa. Visto que o Centro de Convivência de Idosos é um meio de abranger esta população de forma ampla para a prática de promoção, prevenção e proteção à saúde do público em questão, a Equipe Multidisciplinar de Residentes em Atenção Básica em Saúde da Família e Comunidade, desenvolveu ações em saúde nesse espaço. O presente estudo se caracteriza como relato de experiência, em que foram desenvolvidas ações em saúde, voltadas para o exercício físico de força muscular, equilíbrio, coordenação e estimulo da cognição. No geral os exercícios propiciaram um momento de interação, descontração e estreitamento de vínculos entre os idosos, tendo em vista que eles são participativos e gostam de se sentir ativos. Com tudo isso, pode-se observar que a maioria das perdas funcionais e cognitivas se acentua durante a terceira idade e, por isso, se torna clara a necessidade de maior atenção a variados estados de condições de saúde dos idosos, sendo prioritário a intervenção preventiva e de promoção à saúde, através de intervenções de equipes multidisciplinares, em Centros de Convivência de Idosos, para abranger um maior número de indivíduos dessa população. As ações tornaram-se instrumentalizadoras de mudanças de vidas, propiciando a prevenção de quedas e outros agravos acometidos na terceira idade, a partir da promoção do exercício físico e de atividades de reflexão ao processo de envelhecimento e cuidado do ambiente que se inserem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.