Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

A IMPORTÂNCIA DA ATIVIDADE FÍSICA NA DIMINUIÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS BRASILEIROS

Palavra-chaves: IDOSO, QUEDA, FATORES DE RISCO Pôster (PO) / Poster Submission AT- 6: ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO HUMANO Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Introdução: No Brasil, em torno de 32% dos idosos caem ao menos uma vez ao ano entre 65 e 75 anos, 35% de 75 a 84 anos e 51% acima de 85 anos. Alguns fatores estão relacionados a diminuição da recorrência de quedas em idosos, entre eles estão o equilíbrio e o fortalecimento da musculatura, sendo que ambos podem ser melhorados através da prática de exercício físico. Objetivo: Levantar na literatura científica, estudos relacionados à importância da atividade física na diminuição de quedas da população idosa. Material e Métodos: A pesquisa foi realizada a partir das bases de dados Scielo e Bireme. A análise dos estudos envolveu leitura de títulos, resumos e textos completos. Foram incluídos estudos escritos em português, realizados com idosos (>60 anos) e publicados entre 2011 e 2015. Foram excluídos artigos de revisão, publicações apresentadas em conferência e simpósios. Resultados: A maioria dos artigos selecionados (7, de um total de 11) apresentaram resultados significativos quanto a importância da prática habitual de atividade física na prevenção de quedas. Idosos institucionalizados, frágeis e com queda recorrente apresentaram risco aumentado de quedas. Conclusão: A prática habitual de atividade física pode proporcionar, ao idoso, menor risco de queda. Além da prevenção de quedas, a atividade física atua em algumas das teorias do envelhecimento, minimizando os riscos de doenças crônicas, aumentando a autoestima e o autoconceito, favorecendo uma boa condição física e mental, garantindo a melhora da realização das atividades funcionais, além de promover independência e melhora da qualidade de vida ao idoso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.