Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

TUBERCULOSE NA TERCEIRA IDADE NO BRASIL

Palavra-chaves: TUBERCULOSE, IDOSOS, ENFERMAGEM Tema Livre (TL) Políticas publicas e envelhecimento
"2013-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 2134
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 1740
    "inscrito_id" => 3340
    "titulo" => "TUBERCULOSE NA TERCEIRA IDADE NO BRASIL"
    "resumo" => "Introdução: A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, o bacilo de cock. É considerada um problema de saúde pública pela sua elevada incidência, prevalência, e por acometer com maior frequência a população que vivem em condições de vida precária,  principalmente nos países em desenvolvimento. Dentre os 22 países em desenvolvimento que albergam 80% dos casos mundiais da doença, o Brasil ocupa o 19º lugar. Anualmente notificam-se no Brasil aproximadamente 85 mil casos de TB sendo que, destes, 71 mil são casos novos, e cerca de 4.800 pessoas morrem de tuberculose no país ao ano.Em tempos atuais a tuberculose insere-se em um contexto epidemiológico e socioeconômico próprio, que pode ser caracterizado pela transição demográfica por que passa o mundo,  e que tem levado a um franco envelhecimento populacional. Sendo a tuberculose um problema de saúde pública, e por a população idosa, apresentar um crescimento acelerado no Brasil, faz-se necessário a realização de pesquisas epidemiológicas para que a cada ano possa conhecer os indicadores de saúde nos problemas e agravos a saúde pública de cada país.Objetivos: Conhecer o número de casos de tuberculose notificados durante o ano de 2012 no Brasil, e analisar o número de casos de tuberculose em idosos  por regiões, sexo, forma da tuberculose, e casos  de associados a AIDS.Metodologia: Trata-se de um estudo documental, epidemiológico e descritivo, realizado no banco de dados do DATASUS, no programa do SINAN-NET durante o período de 01  a  20 de abril de 2013.A população foi composta por casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012. A amostra foi composta por 11.568 casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012 na população acima de 60 anos de idade.Resultados: No Brasil 76.336(86.7%) casos de tuberculose no ano de 2012 aconteceu na população menor de 60 anos, 11.568 (13.1%) aconteceu em idosos, e 184(0.2%) dos casos não tiveram a idade informada. A região do Brasil que apresentou o maior número de casos de tuberculose em idosos no ano de 2012, foi a região sudeste com 4.517(39.0%) casos, seguidos pelas regiões nordeste com 3.664(31.6%); região sul 1.423(12.3%), região norte 1.292(11.2%) e a região centro-oeste com 672(5.8%) de casos notificados/confirmados. O sexo masculino detém o maior número de casos com 7.683(66.4%), enquanto que o feminino apresentou 3.884(33.6%).Quanto a forma da doença, a pulmonar é a mais frequente 9.715(84.0%), seguidas pela extrapulmonar 1.502(13%), e a associação da pulmonar+extrapulmonar com 339(2.9%) dos casos. Em relação a AIDS, 331(2.9%) dos idosos tiveram tuberculose confirmados por AIDS, 8.542(73.8%) não tiveram casos confirmados por AIDS, e 2.696(23.3%) não apresentam registro desta informação.Conclusão:As ações de controle da tuberculose no Brasil precisam ser intensificadas na Atenção Básica de Saúde, pois é necessário  que os diagnósticos sejam mais precoces para evitar a disseminação e complicação da doença, e  quando se trata da população  idosa, faz-se necessário uma investigação mais cuidadosa, devido a dificuldade de alguns diagnósticos e as complicações da doença nesta fase da vida."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Políticas publicas e envelhecimento"
    "palavra_chave" => "TUBERCULOSE, IDOSOS, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_3340_937981e101cc17bb8df0037372357a17.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:48"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA ELISA PEREIRA CHAVES"
    "autor_nome_curto" => "ANA ELISA"
    "autor_email" => "aepchaves@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 2134
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 1740
    "inscrito_id" => 3340
    "titulo" => "TUBERCULOSE NA TERCEIRA IDADE NO BRASIL"
    "resumo" => "Introdução: A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, o bacilo de cock. É considerada um problema de saúde pública pela sua elevada incidência, prevalência, e por acometer com maior frequência a população que vivem em condições de vida precária,  principalmente nos países em desenvolvimento. Dentre os 22 países em desenvolvimento que albergam 80% dos casos mundiais da doença, o Brasil ocupa o 19º lugar. Anualmente notificam-se no Brasil aproximadamente 85 mil casos de TB sendo que, destes, 71 mil são casos novos, e cerca de 4.800 pessoas morrem de tuberculose no país ao ano.Em tempos atuais a tuberculose insere-se em um contexto epidemiológico e socioeconômico próprio, que pode ser caracterizado pela transição demográfica por que passa o mundo,  e que tem levado a um franco envelhecimento populacional. Sendo a tuberculose um problema de saúde pública, e por a população idosa, apresentar um crescimento acelerado no Brasil, faz-se necessário a realização de pesquisas epidemiológicas para que a cada ano possa conhecer os indicadores de saúde nos problemas e agravos a saúde pública de cada país.Objetivos: Conhecer o número de casos de tuberculose notificados durante o ano de 2012 no Brasil, e analisar o número de casos de tuberculose em idosos  por regiões, sexo, forma da tuberculose, e casos  de associados a AIDS.Metodologia: Trata-se de um estudo documental, epidemiológico e descritivo, realizado no banco de dados do DATASUS, no programa do SINAN-NET durante o período de 01  a  20 de abril de 2013.A população foi composta por casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012. A amostra foi composta por 11.568 casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012 na população acima de 60 anos de idade.Resultados: No Brasil 76.336(86.7%) casos de tuberculose no ano de 2012 aconteceu na população menor de 60 anos, 11.568 (13.1%) aconteceu em idosos, e 184(0.2%) dos casos não tiveram a idade informada. A região do Brasil que apresentou o maior número de casos de tuberculose em idosos no ano de 2012, foi a região sudeste com 4.517(39.0%) casos, seguidos pelas regiões nordeste com 3.664(31.6%); região sul 1.423(12.3%), região norte 1.292(11.2%) e a região centro-oeste com 672(5.8%) de casos notificados/confirmados. O sexo masculino detém o maior número de casos com 7.683(66.4%), enquanto que o feminino apresentou 3.884(33.6%).Quanto a forma da doença, a pulmonar é a mais frequente 9.715(84.0%), seguidas pela extrapulmonar 1.502(13%), e a associação da pulmonar+extrapulmonar com 339(2.9%) dos casos. Em relação a AIDS, 331(2.9%) dos idosos tiveram tuberculose confirmados por AIDS, 8.542(73.8%) não tiveram casos confirmados por AIDS, e 2.696(23.3%) não apresentam registro desta informação.Conclusão:As ações de controle da tuberculose no Brasil precisam ser intensificadas na Atenção Básica de Saúde, pois é necessário  que os diagnósticos sejam mais precoces para evitar a disseminação e complicação da doença, e  quando se trata da população  idosa, faz-se necessário uma investigação mais cuidadosa, devido a dificuldade de alguns diagnósticos e as complicações da doença nesta fase da vida."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Políticas publicas e envelhecimento"
    "palavra_chave" => "TUBERCULOSE, IDOSOS, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_3340_937981e101cc17bb8df0037372357a17.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:48"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA ELISA PEREIRA CHAVES"
    "autor_nome_curto" => "ANA ELISA"
    "autor_email" => "aepchaves@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

Introdução: A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, o bacilo de cock. É considerada um problema de saúde pública pela sua elevada incidência, prevalência, e por acometer com maior frequência a população que vivem em condições de vida precária, principalmente nos países em desenvolvimento. Dentre os 22 países em desenvolvimento que albergam 80% dos casos mundiais da doença, o Brasil ocupa o 19º lugar. Anualmente notificam-se no Brasil aproximadamente 85 mil casos de TB sendo que, destes, 71 mil são casos novos, e cerca de 4.800 pessoas morrem de tuberculose no país ao ano.Em tempos atuais a tuberculose insere-se em um contexto epidemiológico e socioeconômico próprio, que pode ser caracterizado pela transição demográfica por que passa o mundo, e que tem levado a um franco envelhecimento populacional. Sendo a tuberculose um problema de saúde pública, e por a população idosa, apresentar um crescimento acelerado no Brasil, faz-se necessário a realização de pesquisas epidemiológicas para que a cada ano possa conhecer os indicadores de saúde nos problemas e agravos a saúde pública de cada país.Objetivos: Conhecer o número de casos de tuberculose notificados durante o ano de 2012 no Brasil, e analisar o número de casos de tuberculose em idosos por regiões, sexo, forma da tuberculose, e casos de associados a AIDS.Metodologia: Trata-se de um estudo documental, epidemiológico e descritivo, realizado no banco de dados do DATASUS, no programa do SINAN-NET durante o período de 01 a 20 de abril de 2013.A população foi composta por casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012. A amostra foi composta por 11.568 casos de tuberculose confirmados notificados no ano de 2012 na população acima de 60 anos de idade.Resultados: No Brasil 76.336(86.7%) casos de tuberculose no ano de 2012 aconteceu na população menor de 60 anos, 11.568 (13.1%) aconteceu em idosos, e 184(0.2%) dos casos não tiveram a idade informada. A região do Brasil que apresentou o maior número de casos de tuberculose em idosos no ano de 2012, foi a região sudeste com 4.517(39.0%) casos, seguidos pelas regiões nordeste com 3.664(31.6%); região sul 1.423(12.3%), região norte 1.292(11.2%) e a região centro-oeste com 672(5.8%) de casos notificados/confirmados. O sexo masculino detém o maior número de casos com 7.683(66.4%), enquanto que o feminino apresentou 3.884(33.6%).Quanto a forma da doença, a pulmonar é a mais frequente 9.715(84.0%), seguidas pela extrapulmonar 1.502(13%), e a associação da pulmonar+extrapulmonar com 339(2.9%) dos casos. Em relação a AIDS, 331(2.9%) dos idosos tiveram tuberculose confirmados por AIDS, 8.542(73.8%) não tiveram casos confirmados por AIDS, e 2.696(23.3%) não apresentam registro desta informação.Conclusão:As ações de controle da tuberculose no Brasil precisam ser intensificadas na Atenção Básica de Saúde, pois é necessário que os diagnósticos sejam mais precoces para evitar a disseminação e complicação da doença, e quando se trata da população idosa, faz-se necessário uma investigação mais cuidadosa, devido a dificuldade de alguns diagnósticos e as complicações da doença nesta fase da vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.