Artigo Anais ABRALIC

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

O CÃO E A MANSÃO: REFLEXÕES SOBRE A INTIMIDADE AMEAÇADA E O CRONOTOPO DA CASA EM UM CONTO DE MOACYR SCLIAR

Publicado em 20 de dezembro de 2012

Resumo

A produção literária de Moacyr Scliar, pela quantidade e pela qualidade, o coloca entre os escritores brasileiros mais representativos da literatura brasileira contemporânea. Muitos de seus contos são marcados por situações insólitas, envolvendo conflitos tanto de ordem individual, quanto de ordem coletiva. Nosso objetivo, neste artigo, é analisar o conto “Cão”, presente no livro Os melhores contos de Moacyr Scliar 1988), observando a representação da casa e dos conflitos interpessoais figurados neste espaço. Para tanto, nos baseamos em considerações de Bachelard (1978), sobre a intimidade protegida; e em reflexões de Bakhtin (1991), sobre a categoria do cronotopo. Partindo destas duas categorias e da análise do conto, desenvolvemos duas subcategorias analíticas: a intimidade ameaçada e o cronotopo da mansão.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.