Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 200
ANÁLISE DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO CANTEIRO DE OBRAS: UM ESTUDO FEITO NA MICRORREGIÃO DO CURIMATAÚ ORIENTAL – ARARUNA, PB

Palavra-chaves: RCD'S, CANTEIRO DE OBRAS, DEGRADAÇÃO AMBIENTAL. Comunicação Oral (CO) Engenharia Sanitária e Ambiental

Resumo

O segmento da construção civil utiliza durante todas as fases construtivas de uma grande quantidade de material, por que quando gerenciado de forma incorreta acaba gerando um volume elevado de resíduos da construção e demolição que são mais conhecidos como RCD’s. Durante a fase da construção é necessário que haja uma gestão adequada desses resíduos, pois além de causar grandes impactos ao meio ambiente eles ao serem dispostos inadequadamente no canteiro de obras gera grandes riscos de acidentes aos que circulam pelo local. Com base nessa problemática o presente estudo buscou realizar uma caracterização de como esses materiais eram geridos em obras no município de Araruna-PB. Com as informações coletadas foi possível montar um panorama municipal identificando dois tipos de obras: privadas e públicas. A maior parte as obras não apresentavam quase nenhuma forma de organização básicas e todas apresentavam situações de irregularidades no tratamento de materiais que podiam provocar acidentes por estarem mal localizados. Esse cenário problemático pode ser atribuído a falta de conscientização dos trabalhadores e donos das obras sobre os riscos que estão expostos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.