Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

RELIGIÃO E EDUCAÇÃO FEMININA: CONSTRUÇÃO DE SUBJETIVIDADES NO GINÁSIO SANTA RITA (1947-1955)

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO FEMININA, CULTURA MATERIAL ESCOLAR, EDUCADORA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission História da Educação Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

Este trabalho é fruto da tese de doutorado “Práticas educativas no cariri paraibano: memórias da educadora Estelita Antonino de Souza (1947-1991)”, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba. Desvela cartas e cartões, bem como narrativas sobre o cotidiano escolar do Ginásio de Santa Rita, localizado na cidade de Areia - PB, local onde Estelita Antonino de Souza, professora e historiadora paraibana, cursou o ginásio. Os depoimentos da educadora, assim como seu rico arquivo, composto por livros, atas, cadernos de alunos, planos de aula, fotografias, revistas, publicações diversas, trabalhos escolares, correspondências, cartões, dentre outros documentos, são parte do acervo que foi objeto de estudo da tese. As narrativas que compõem este artigo são resultantes de uma entrevista realizada com a educadora em março de 2010. A entrevista, que foi gravada e transcrita na íntegra, não seguiu um roteiro previamente definido, o que permitiu que diversas memórias viessem à tona. As cartas e cartões objetos de análise compreendem um período de 1947 a 1955. O objetivo é refletir, por meio de relatos orais de vida e das cartas e cartões, sobre as formas utilizadas para legitimar saberes e disseminar conhecimentos e valores neste nível de ensino. A metodologia adotada para a análise do tema compreende a discussão teórica sobre a cultura escolar, os estudos no território da memória, bem como as contribuições da nova história cultural, na perspectiva do enfoque na vida cotidiana. A narrativa oral de Estelita Antonino lembra os primeiros anos de sua formação no Ginásio de Santa Rita e revela um conjunto de práticas culturais voltadas para a formação das moças. As cartas e cartões são objetos claros da cultura material escolar que confirmam o trabalho organizado e desenvolvido pelas religiosas da referida instituição a fim de modelar a conduta das suas alunas. A apreciação de suas falas e das cartas e cartões permite desvelar, mesmo que de forma parcial, práticas culturais implementadas no Ginásio de Santa Rita no momento estudado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.