Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DIGESTÃO DA ALBUMINA DO OVO PELA PEPSINA COMO PROPOSTA CONTEXTUALIZADA E PROBLEMATIZADORA PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, CONTEXTUALIZAÇÃO, PROBLEMATIZAÇÃO, PROTEÍNAS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino de Ciências
"2015-10-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 15764
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 906
    "inscrito_id" => 5594
    "titulo" => "DIGESTÃO DA ALBUMINA DO OVO PELA PEPSINA COMO PROPOSTA CONTEXTUALIZADA E PROBLEMATIZADORA PARA O ENSINO DE QUÍMICA"
    "resumo" => "Atualmente a educação se encontra estagnada, principalmente quando falamos de uma ciência como a química do ensino médio. Essa estagnação é decorrente de um ensino tradicional, sem contextualização e problematização, que são ferramentas indispensáveis para o ensino e aprendizagem do educando. Principalmente se tratando de uma ciência tão complexa como a química, que apresenta muitas fórmulas, conceitos e necessitam de atividades experimentais, para proporcionar uma melhor compreensão e entendimento do conteúdo. A pesquisa foi realizada no Laboratório de química, com 21 educandos da Escola Estadual Dr. Alfredo Pessoa de Lima, e com 17 discentes da Escola Estadual José Rocha Sobrinho. A aula foi dividida em quatro momentos pedagógicos: Pré–intervenção avaliativa, aula experimental, aula teórica e pós-intervenção avaliativa. A contextualização e problematização são ferramentas indispensáveis para uma aprendizagem significativa e duradoura, pois facilita a aprendizagem dos educandos. Ficou evidente que a metodologia aplicada é eficiente no ensino e aprendizagem dos educandos, uma vez que a media aritmética de ambas as escolas progrediram significativamente. Nesse contexto podemos afirmar que com essa didática o ensino de química se torna muito mais prazeroso e proveitoso.  Dessa forma a combinação da aula experimental com a aula teórica demostra ser um mecanismo indispensável no ensino de química."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE QUÍMICA, CONTEXTUALIZAÇÃO, PROBLEMATIZAÇÃO, PROTEÍNAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA18_ID5594_18082015155341.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCIVALDO DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCIVALDO"
    "autor_email" => "francivaldosousa93@hotmai"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 15764
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 906
    "inscrito_id" => 5594
    "titulo" => "DIGESTÃO DA ALBUMINA DO OVO PELA PEPSINA COMO PROPOSTA CONTEXTUALIZADA E PROBLEMATIZADORA PARA O ENSINO DE QUÍMICA"
    "resumo" => "Atualmente a educação se encontra estagnada, principalmente quando falamos de uma ciência como a química do ensino médio. Essa estagnação é decorrente de um ensino tradicional, sem contextualização e problematização, que são ferramentas indispensáveis para o ensino e aprendizagem do educando. Principalmente se tratando de uma ciência tão complexa como a química, que apresenta muitas fórmulas, conceitos e necessitam de atividades experimentais, para proporcionar uma melhor compreensão e entendimento do conteúdo. A pesquisa foi realizada no Laboratório de química, com 21 educandos da Escola Estadual Dr. Alfredo Pessoa de Lima, e com 17 discentes da Escola Estadual José Rocha Sobrinho. A aula foi dividida em quatro momentos pedagógicos: Pré–intervenção avaliativa, aula experimental, aula teórica e pós-intervenção avaliativa. A contextualização e problematização são ferramentas indispensáveis para uma aprendizagem significativa e duradoura, pois facilita a aprendizagem dos educandos. Ficou evidente que a metodologia aplicada é eficiente no ensino e aprendizagem dos educandos, uma vez que a media aritmética de ambas as escolas progrediram significativamente. Nesse contexto podemos afirmar que com essa didática o ensino de química se torna muito mais prazeroso e proveitoso.  Dessa forma a combinação da aula experimental com a aula teórica demostra ser um mecanismo indispensável no ensino de química."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE QUÍMICA, CONTEXTUALIZAÇÃO, PROBLEMATIZAÇÃO, PROTEÍNAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA18_ID5594_18082015155341.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCIVALDO DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCIVALDO"
    "autor_email" => "francivaldosousa93@hotmai"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

Atualmente a educação se encontra estagnada, principalmente quando falamos de uma ciência como a química do ensino médio. Essa estagnação é decorrente de um ensino tradicional, sem contextualização e problematização, que são ferramentas indispensáveis para o ensino e aprendizagem do educando. Principalmente se tratando de uma ciência tão complexa como a química, que apresenta muitas fórmulas, conceitos e necessitam de atividades experimentais, para proporcionar uma melhor compreensão e entendimento do conteúdo. A pesquisa foi realizada no Laboratório de química, com 21 educandos da Escola Estadual Dr. Alfredo Pessoa de Lima, e com 17 discentes da Escola Estadual José Rocha Sobrinho. A aula foi dividida em quatro momentos pedagógicos: Pré–intervenção avaliativa, aula experimental, aula teórica e pós-intervenção avaliativa. A contextualização e problematização são ferramentas indispensáveis para uma aprendizagem significativa e duradoura, pois facilita a aprendizagem dos educandos. Ficou evidente que a metodologia aplicada é eficiente no ensino e aprendizagem dos educandos, uma vez que a media aritmética de ambas as escolas progrediram significativamente. Nesse contexto podemos afirmar que com essa didática o ensino de química se torna muito mais prazeroso e proveitoso. Dessa forma a combinação da aula experimental com a aula teórica demostra ser um mecanismo indispensável no ensino de química.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.