Artigo Anais V ENID & III ENFOPROF / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

O ENSINO DE FUNÇÕES AFINS E QUADRÁTICAS COM O AUXÍLIO DO COMPUTADOR E DO SOFTWARE GEOGEBRA

Palavra-chaves: ENSINO-APRENDIZAGEM, TECNOLOGIAS DIGITAIS, GEOGEBRA, FUNÇÕES Pôster (PO) Docência em Matemática: desafios, contextos e possibilidades Publicado em 21 de agosto de 2015

Resumo

Este trabalho tem como finalidade analisar os resultados de uma proposta metodológica que tem como objetivo principal estreitar as relações entre tecnologias digitais e o ensino de Matemática, utilizando o computador e o software GeoGebra como recursos didáticos auxiliares para o ensino de funções afins e quadráticas tratados no cotidiano da sala de aula. A pesquisa foi desenvolvida, no período de julho a setembro de 2014, no laboratório de informática da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Raul Córdula, situada na cidade de Campina Grande – PB, com vinte e quatro alunos de duas turmas de primeiro ano, regular, manhã e trata-se de um estudo de caso com características de uma pesquisa-ação e possui uma abordagem quanti-qualitativa, a qual utilizou como instrumentos de coleta de dados um questionário e observações constantes durante todas as atividades da experiência pedagógica. O marco teórico do estudo se amparou em Brasil (1997), Moran (2007), Tajra (2008), Kenski (2007), D’Ambrosio (1999) e entre outros autores que apontam questões expressivas em torno da prática educacional do professor e que refletem sobre o uso das tecnologias digitais em sala de aula como contribuição para a educação de modo geral e do ensino de Matemática em particular. Logo, essa pesquisa buscou aproximar o ambiente escolar da realidade dos alunos, criando um espaço mais agradável, dinâmico e atrativo para o estudo desta ciência e assim facilitando a compreensão do conteúdo estudado, ou seja, proporcionando uma aprendizagem mais significativa aos discentes e despertando o apreço pelo estudo dos conhecimentos matemáticos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.