Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

USO DE PRESERVATIVO ENTRE ADOLESCENTE: ESTUDO COMPARATIVO DE CRENÇAS

Palavra-chaves: SAÚDE DO ADOLESCENTE, PRESERVATIVOS, SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

Pesquisa quantitativa, embasada pela Theory of Reasoned Action, cujos objetivos foram investigar as crenças relacionadas ao uso do preservativo entre adolescentes participantes e não participantes do projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) e comparar as crenças identificadas nos grupos investigados. Participaram voluntariamente do estudo 95 adolescentes de 13 a 19 anos, de duas escolas públicas, que responderam a um questionário estruturado. Prevenção da gravidez, de DST e da AIDS, incômodo, diminuição do prazer e risco de romper foram as crenças comportamentais citadas. Mãe, pai e amigos constituíram-se os principais referentes emitidos. Independentemente da participação no SPE, os adolescentes apresentam crenças positivas e negativas semelhantes, sugerindo a não influência do projeto no conjunto de crenças, sobretudo no concernente às negativas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.