Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

EDUCAÇÃO SEXUAL, ESTIGMA E AIDS: UMA TEMÁTICA POUCO ABORDADA NO ENSINO BÁSICO NAS ESCOLAS DO BRASIL.

Palavra-chaves: AIDS, ESCOLA, ESTIGMA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

A adolescência é marcada por um leque de transformações biopsicossociais, tais mudanças expõem jovens a vários fatores de riscos, como as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST´S), neste caso a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Logo esta doença possui um estigma bastante difundido e caracterizado pela falta de conhecimento da sociedade. Sendo assim a escola poderia ser um local propício a minimizar o estigma, bem como implantar educação sexual aos adolescentes. Este estudo tem como objetivo de contribuir para o entendimento dos docentes da área da educação sobre estigma social em relação aos portadores do vírus HIV, a fim de facilitar e colaborar com o trabalho dos profissionais de saúde, no que diz respeito à promoção e prevenção da doença e também, acrescentar este tipo de conteúdo nas produções cientificas que se encontra em carência. Trata-se de uma pesquisa do tipo descritivo-exploratória sistemática da literatura, realizada através do site da Biblioteca Virtual da Saúde (BVS) que contém base de dados de confiança e de renome no meio científico como: Scielo, MEDLINE, LILACS e Google Acadêmico, sendo utilizados 17 materiais na íntegra. Em suma é necessária uma atuação conjunta do profissional da saúde em singular o enfermeiro com o da educação para que assim, sejam desenvolvidas ações que promovam a formação de cidadãos críticos, conhecedores, responsáveis pelo o seu autocuidado, ausente de descriminação e estigma.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.