Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

É PRECISO PREVENIR? UM ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO COM MULHERES VIVENDO COM HIV/AIDS

Palavra-chaves: PREVENÇÃO, INFECÇÃO, HIV Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Gênero, Sexualidades e Educação
"2015-06-03 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10603
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 418
    "inscrito_id" => 356
    "titulo" => "É PRECISO PREVENIR? UM ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO COM MULHERES VIVENDO COM HIV/AIDS"
    "resumo" => "O campo de discussão que abrange a problemática do vírus HIV e da AIDS está cada vez mais crescente na atualidade. As reflexões sobre a temática estão mais aprofundadas diante da ânsia e necessidade de se chegar ao patamar mais elevado de descoberta para se chegar a uma possível cura da doença, visto que até hoje, os estudos sinalizam apenas para a prevenção e o tratamento e tais ações dependem, em grande parte, do fator educação. O presente estudo teve como objetivo a influência do grau de escolaridade e a formação na aplicação da política de prevenção contra o HIV/AIDS especificamente no uso dos preservativos, masculino e feminino, principais instrumentos contra a infecção com o vírus. O estudo foi realizado no Serviço de Assistência Especializado Materno Infantil (SAE/MI) do Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa-PB, com vinte mulheres com a faixa etária entre 18 e 60 anos de idade. Empregamos, como metodologia, um estudo exploratório de teor descritivo embasado através de entrevista semi-estruturada, observação sistemática e assistemática de campo de estágio. Os resultados demonstraram que a maior parte das mulheres entrevistadas possui um baixo nível de escolaridade, fator que, muitas vezes, é decisivo no manuseio dos preservativos. Além disso, o estudo também mostrou que a infecção pelo HIV/AIDS se dá em camadas populacionais pauperizadas.  A importância deste trabalho se dá diante da reflexão que se faz frente à política de prevenção, suas formas de execução e os seus reflexos reais frente a problemática do HIV e da AIDS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Educação"
    "palavra_chave" => "PREVENÇÃO, INFECÇÃO, HIV"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA2_ID356_04052015202628.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MAYARA MARTINS ALVES"
    "autor_nome_curto" => "MAYARA MARTINS"
    "autor_email" => "mayaram.alves@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FIP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10603
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 418
    "inscrito_id" => 356
    "titulo" => "É PRECISO PREVENIR? UM ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO COM MULHERES VIVENDO COM HIV/AIDS"
    "resumo" => "O campo de discussão que abrange a problemática do vírus HIV e da AIDS está cada vez mais crescente na atualidade. As reflexões sobre a temática estão mais aprofundadas diante da ânsia e necessidade de se chegar ao patamar mais elevado de descoberta para se chegar a uma possível cura da doença, visto que até hoje, os estudos sinalizam apenas para a prevenção e o tratamento e tais ações dependem, em grande parte, do fator educação. O presente estudo teve como objetivo a influência do grau de escolaridade e a formação na aplicação da política de prevenção contra o HIV/AIDS especificamente no uso dos preservativos, masculino e feminino, principais instrumentos contra a infecção com o vírus. O estudo foi realizado no Serviço de Assistência Especializado Materno Infantil (SAE/MI) do Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa-PB, com vinte mulheres com a faixa etária entre 18 e 60 anos de idade. Empregamos, como metodologia, um estudo exploratório de teor descritivo embasado através de entrevista semi-estruturada, observação sistemática e assistemática de campo de estágio. Os resultados demonstraram que a maior parte das mulheres entrevistadas possui um baixo nível de escolaridade, fator que, muitas vezes, é decisivo no manuseio dos preservativos. Além disso, o estudo também mostrou que a infecção pelo HIV/AIDS se dá em camadas populacionais pauperizadas.  A importância deste trabalho se dá diante da reflexão que se faz frente à política de prevenção, suas formas de execução e os seus reflexos reais frente a problemática do HIV e da AIDS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Educação"
    "palavra_chave" => "PREVENÇÃO, INFECÇÃO, HIV"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA2_ID356_04052015202628.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MAYARA MARTINS ALVES"
    "autor_nome_curto" => "MAYARA MARTINS"
    "autor_email" => "mayaram.alves@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FIP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

O campo de discussão que abrange a problemática do vírus HIV e da AIDS está cada vez mais crescente na atualidade. As reflexões sobre a temática estão mais aprofundadas diante da ânsia e necessidade de se chegar ao patamar mais elevado de descoberta para se chegar a uma possível cura da doença, visto que até hoje, os estudos sinalizam apenas para a prevenção e o tratamento e tais ações dependem, em grande parte, do fator educação. O presente estudo teve como objetivo a influência do grau de escolaridade e a formação na aplicação da política de prevenção contra o HIV/AIDS especificamente no uso dos preservativos, masculino e feminino, principais instrumentos contra a infecção com o vírus. O estudo foi realizado no Serviço de Assistência Especializado Materno Infantil (SAE/MI) do Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa-PB, com vinte mulheres com a faixa etária entre 18 e 60 anos de idade. Empregamos, como metodologia, um estudo exploratório de teor descritivo embasado através de entrevista semi-estruturada, observação sistemática e assistemática de campo de estágio. Os resultados demonstraram que a maior parte das mulheres entrevistadas possui um baixo nível de escolaridade, fator que, muitas vezes, é decisivo no manuseio dos preservativos. Além disso, o estudo também mostrou que a infecção pelo HIV/AIDS se dá em camadas populacionais pauperizadas. A importância deste trabalho se dá diante da reflexão que se faz frente à política de prevenção, suas formas de execução e os seus reflexos reais frente a problemática do HIV e da AIDS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.