Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 225
EDUCAÇÃO ESCOLAR NA SEXUALIDADE DOS ADOLESCENTES: PAPEL NEGATIVO OU POSITIVO?

Palavra-chaves: SEXUALIDADE, EDUCAÇÃO, ADOLESCENTES Pôster (PO) / Poster Submission Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

INTRODUÇÃO: Nos dias atuais, os objetivos principais das escolas para com os alunos é o de formar cidadãos e cidadãs, o que exige das instituições educacionais e dos profissionais que nelas trabalham o respeito mútuo entre eles. O interesse pela temática surgiu a partir da percepção da dificuldade vivenciada pelas escolas em trabalhar essa temática na adolescência, o que gerou inquietações, que deram origem a tais questões norteadoras: “Porque ainda se existem dificuldades em trabalhar a sexualidade na adolescência? O que impede de abordar a temática de forma aberta, livre de preconceitos?”. Este trabalho tem como objetivo principal o de avaliar estudos recentes sobre o que a educação escolar tem desempenhado atualmente na sexualidade dos adolescentes e se este papel vem sendo exercido de maneira completa ou deficiente, o que leva-nos ao seguinte questionamento: O papel dos educadores e da escola vem sendo positivo ou negativo na vida dos jovens? METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão bibliográfica sistemática, de natureza qualitativa, realizada através de uma revisão bibliográfica feita com base no portal SCIELO – Scientific Eletronic Library Online, utilizando como descritores: “Sexualidade”, “Educação” e “Adolescentes” para a pesquisa, sendo estes usados em conjunto. Inicialmente, foram encontrados 46 artigos, sendo filtrados alguns tópicos como: Coleções - Brasil; Idioma - Português; Anos de publicação - 2010, 2011, 2012, 2013. A amostra foi reduzida para 13 artigos, sendo que 3 foram excluídos por não serem totalmente fiéis ao tema a ser abordado, restando por fim 10 artigos, que foram selecionados para serem analisados para esta pesquisa. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Entre os 10 artigos analisados, dois desses vem expor a respeito dos direitos sexuais e reprodutivos da criança e do adolescente, sendo estes fundamentais e por ser a base para a sexualidade na educação escolar, tendo em vista que são bases legais que influenciam e respaldam de certa maneira os educadores que estão dispostos a explorar esse tema nas instituições onde trabalham, tendo assim um diferencial em sua profissão e para com os seus alunos, pois estes necessitam ser informados sobre esses direitos, que na maioria das vezes os jovens desconhecem. Nos artigos restantes, sendo estes diretamente ligados à educação, em um deles (estudo realizado em Juazeiro do Norte, CE), foi observado que na teoria, a educação sexual nas escolas é realmente o que deve ser, mas isso se contradiz quando passamos para a prática com os alunos. CONCLUSÃO: Ao final da pesquisa pode-se concluir que a temática da sexualidade nas escolas não é um tema atual, pelo contrário, já vem sendo discutido a muito tempo mas, apesar disso, a dificuldade em colocá-la em prática ainda perdura até os dias atuais devido a fatores sociais que englobam também preceitos e preconceitos que vem a atrapalhar a formação de cidadãos e cidadãs de maneira livre, de forma que estes fiquem oprimidos para desenvolver de maneira correta suas opiniões, orientações, dúvidas, medos e conceitos a respeito da sexualidade. PALAVRAS-CHAVE: Sexualidade, Educação, Adolescentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.