Artigo Anais XV EBRAPEM

ANAIS de Evento

ISSN: 2237-8444

Inclusão de “por quês matemáticos” de estudantes da educação básica na formação inicial de Professores de Matemática

"2011-11-06 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1001
    "edicao_id" => 2
    "trabalho_id" => 100
    "inscrito_id" => 256
    "titulo" => "Inclusão de “por quês matemáticos” de estudantes da educação básica na formação inicial de Professores de Matemática"
    "resumo" => "Atualmente no Brasil existe um índice significativo de estudantes que não aprendem o que deveriam em termos de matemática. Para reverter esse cenário, é importante que a formação de professores seja sempre aprimorada. Decidimos propor este projeto uma vez que os professores precisam saber responder os “por quês matemáticos” (questionamentos) dos estudantes e que os cursos de licenciatura tem tratado este tema de modo deficiente ou, até mesmo, o ignorado (LORENZATO, 1993; BARBOSA, 2011). Nosso objetivo é investigar os “por quês matemáticos” e os “porquês” (respostas dadas pelos professores) visando a construção de uma proposta de formação inicial de professores de matemática. Trata-se de uma abordagem de pesquisa qualitativa em que pretendemos realizar uma triangulação entre três “pontos de vista”, quais sejam, o proveniente da escola básica, o proveniente da estrutura da Licenciatura em Matemática e o proveniente da pesquisa em educação matemática."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "634a3448c3254005b82a430bf6d8db97.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:46"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:08:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JEFERSON GOMES MORIEL JUNIOR"
    "autor_nome_curto" => "JEFERSON"
    "autor_email" => null
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-xv-ebrapem"
    "edicao_nome" => "Anais XV EBRAPEM"
    "edicao_evento" => "XV Encontro Brasileiro de Estudantes de Pós-Graduação em Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2011
    "edicao_pasta" => "anais/ebrapem/2011"
    "edicao_logo" => "5e47192c5b78e_14022020190324.png"
    "edicao_capa" => "5f1853ce6d851_22072020115718.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2011-11-06 23:00:00"
    "publicacao_id" => 2
    "publicacao_nome" => "Revista Ebrapem"
    "publicacao_codigo" => "2237-8444"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1001
    "edicao_id" => 2
    "trabalho_id" => 100
    "inscrito_id" => 256
    "titulo" => "Inclusão de “por quês matemáticos” de estudantes da educação básica na formação inicial de Professores de Matemática"
    "resumo" => "Atualmente no Brasil existe um índice significativo de estudantes que não aprendem o que deveriam em termos de matemática. Para reverter esse cenário, é importante que a formação de professores seja sempre aprimorada. Decidimos propor este projeto uma vez que os professores precisam saber responder os “por quês matemáticos” (questionamentos) dos estudantes e que os cursos de licenciatura tem tratado este tema de modo deficiente ou, até mesmo, o ignorado (LORENZATO, 1993; BARBOSA, 2011). Nosso objetivo é investigar os “por quês matemáticos” e os “porquês” (respostas dadas pelos professores) visando a construção de uma proposta de formação inicial de professores de matemática. Trata-se de uma abordagem de pesquisa qualitativa em que pretendemos realizar uma triangulação entre três “pontos de vista”, quais sejam, o proveniente da escola básica, o proveniente da estrutura da Licenciatura em Matemática e o proveniente da pesquisa em educação matemática."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "634a3448c3254005b82a430bf6d8db97.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:46"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:08:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JEFERSON GOMES MORIEL JUNIOR"
    "autor_nome_curto" => "JEFERSON"
    "autor_email" => null
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-xv-ebrapem"
    "edicao_nome" => "Anais XV EBRAPEM"
    "edicao_evento" => "XV Encontro Brasileiro de Estudantes de Pós-Graduação em Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2011
    "edicao_pasta" => "anais/ebrapem/2011"
    "edicao_logo" => "5e47192c5b78e_14022020190324.png"
    "edicao_capa" => "5f1853ce6d851_22072020115718.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2011-11-06 23:00:00"
    "publicacao_id" => 2
    "publicacao_nome" => "Revista Ebrapem"
    "publicacao_codigo" => "2237-8444"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 06 de novembro de 2011

Resumo

Atualmente no Brasil existe um índice significativo de estudantes que não aprendem o que deveriam em termos de matemática. Para reverter esse cenário, é importante que a formação de professores seja sempre aprimorada. Decidimos propor este projeto uma vez que os professores precisam saber responder os “por quês matemáticos” (questionamentos) dos estudantes e que os cursos de licenciatura tem tratado este tema de modo deficiente ou, até mesmo, o ignorado (LORENZATO, 1993; BARBOSA, 2011). Nosso objetivo é investigar os “por quês matemáticos” e os “porquês” (respostas dadas pelos professores) visando a construção de uma proposta de formação inicial de professores de matemática. Trata-se de uma abordagem de pesquisa qualitativa em que pretendemos realizar uma triangulação entre três “pontos de vista”, quais sejam, o proveniente da escola básica, o proveniente da estrutura da Licenciatura em Matemática e o proveniente da pesquisa em educação matemática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.