Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 72
A APROPRIAÇÃO DA EPISTEMOLOGIA DE THOMAS KUHN E LUDWIK FLECK NAS PESQUISAS CIENTÍFICAS BRASILEIRAS

Palavra-chaves: EPISTEMOLOGIA, KUHN, FLECK, CONCEITO, CATEGORIAS Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 01: Pesquisa em Ensino de Ciências (Biologia, Química, Física) e Matemática

Resumo

A PUBLICAÇÃO DA OBRA DE THOMAS KUHN, A ESTRUTURA DAS REVOLUÇÕES CIENTÍFICAS, EM 1962, FOI UM MARCO IMPORTANTE PARA A CONCEPÇÃO DA IMAGEM CONTEMPORÂNEA DA CIÊNCIA. NESTE LIVRO, KUHN FEZ REFERÊNCIA A LUDWIK FLECK, MÉDICO POLONÊS, QUE O TERIA INFLUENCIADO EM ALGUNS ASPECTOS. AS APROXIMAÇÕES ENTRE KUHN E FLECK, APESAR DE CONFERIREM UM CARÁTER DE SIMILARIDADE ENTRE SEUS PENSAMENTOS, TAMBÉM SÃO MARCADAS POR DIVERGÊNCIAS. TAL CONTEXTO PODE INFLUENCIAR O TRABALHO DE PESQUISADORES QUE SE APROPRIAM DAS CATEGORIAS DESSES AUTORES. POR ESSA RAZÃO, ESTE ESTUDO OBJETIVA INVESTIGAR DE QUE MANEIRA A EPISTEMOLOGIA DE LUDWIK FLECK E DE THOMAS KUHN, EM UM MESMO TRABALHO, VEM SENDO APROPRIADA POR PESQUISADORES BRASILEIROS, SENDO AS IDEIAS CENTRAIS DE SUAS PRINCIPAIS OBRAS AQUI APRESENTADAS. O ESTUDO REALIZADO É DE NATUREZA QUALITATIVA, DO TIPO ESTADO DO CONHECIMENTO. OS DADOS FORAM CONSTITUÍDOS POR MEIO DO PORTAL DE PERIÓDICOS E DO CATÁLOGO DE TESES E DISSERTAÇÕES DA COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES) E INTERPRETADOS TENDO POR BASE A ANÁLISE TEXTUAL DISCURSIVA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.